Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

DEVOÇÂO

Festa de Nossa Senhora de Fátima reúne fiéis na área central do Recife

Publicado em: 13/05/2022 21:15 | Atualizado em: 13/05/2022 23:07

 (Foto: Rafael Vieira/DP. )
Foto: Rafael Vieira/DP.
 
Foi uma sexta-feira de fé e devoção no Recife, uma cidade que tem amor enorme à Nossa Senhora de Fátima, cujo 13 de maio se celebra a aparição, em Portugal, há mais um século. As celebrações aconteceram no santuário no antigo Colégio Nóbrega, na Soledade, área central da capital. Durante todo dia, milhares de fiéis passaram pelo local, inclusive o prefeito João Campos e familiares. Ele veio trazer a imagem da Santa, que peregrinou em sua casa. Após missa lotada, à noite, uma procissão, a primeira desde 2019 (as celebrações não ocorreram por conta da pandemia de Covid-19), percorreu as ruas adjacentes ao Nóbrega.


A devoção recifense à Nossa Senhora de Fátima é histórica. De acordo com a Diocese de Olinda e Recife, o santuário pernambucano, inaugurado em 1935, é o primeiro no mundo dedicado à aparição de Maria, antecedendo até mesmo o da cidade de Fátima, que foi inaugurado só em 1953.


 (Foto: Rafael Vieira/DP. )
Foto: Rafael Vieira/DP.
 

 
Emoção que também contagiou os fiéis. “Participo da festa faz 15 anos. Ficar esse tempo sem a festa foi triste, mas ela sempre esteve com a gente. Estou muito feliz por essa retomada hoje, a festa está linda”, contou a devota Zenaide Araújo de 81 anos. (Com reportagem de Tainá Milena)

Neste ano, a festa no Santuário pernambucano tem o tema “Mãe da Eucaristia” e faz alusão ao 18º Congresso Eucarístico Nacional, que está sendo realizado na Arquidiocese de Olinda e Recife, desde o dia 11 – e vai até o dia 15 de novembro próximo –, com presença de fiéis, bispos, padres e diáconos de todo o Brasil. "É uma festa de extrema gratidão à Maria e a seu Filho pelo avanço no controle da pandemia. É também a oportunidade de pedirmos paz para o mundo", afirmou o reitor do Santuário, o padre Antônio Mota.

A programação da festa do desse dia 13 contou com novena, celebrações eucarísticas, momentos de louvor e a esperada procissão. E muita fé. “Eu sou devoto de Nossa Senhora de Fátima e, quando assumi a Prefeitura, o padre Mota me deu a honra de ficar momentaneamente com a imagem da Virgem, com o objetivo de me ajudar a tomar conta da cidade naquele momento tão difícil da pandemia. Durante esse período, ela me orientou na hora de tomar as decisões mais complexas, a enxergar qual o melhor caminho a ser seguido”, disse o prefeito João Campo, que revelou grande emoção ao devolver a imagem ao templo. “Foi um momento muito especial compartilhar com todos que participaram da missa, renovando nossa fé e devoção à Virgem.”


 (Foto: Rafael Vieira/DP. )
Foto: Rafael Vieira/DP.
 
Emoção que também contagiou os fiéis. “Participo da festa faz 15 anos. Ficar esse tempo sem a festa foi triste, mas ela sempre esteve com a gente. Estou muito feliz por essa retomada hoje, a festa está linda”, contou a devota Zenaide Araújo de 81 anos.
 
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
WIDGET PACK - Sistema de comentários
Manhã na Clube: entrevista com Maria Zilá Passo, advogada especialista em direito da saúde
Fechamento de escolas durante pandemia pode gerar prejuízos por décadas no Brasil
Cada vez mais brasileiros procuram a medicina tradicional chinesa
Manhã na Clube: entrevistas com Bruno Rodrigues e Débora Almeida
Grupo Diario de Pernambuco