Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

TURISMO

Pregão para exploração de fortaleza em Noronha tem proposta de R$ 238 mil

Publicado em: 09/11/2021 17:14 | Atualizado em: 09/11/2021 18:15

 (Foto: Álvaro Avelar)
Foto: Álvaro Avelar

Aconteceu, na manhã desta terça-feira (9), a sessão inaugural do pregão para a exploração comercial da Fortaleza de Nossa Senhora dos Remédios, em Fernando de Noronha. Duas empresas e dois consórcios apresentaram propostas. O Consórcio Dix/Pentágono/IDG fez a maior oferta, chegando ao valor de 238 mil reais mensais pela concessão, pelo período de 10 anos. O consórcio é formado pelas empresas Pentágono Empreendimentos, Dix Empreendimentos e IDG - Instituto de Desenvolvimento e Gestão, responsável pela gestão do Museu do Amanhã, no Rio de Janeiro. Ainda haverá a fase de recursos do pregão. Também apresentaram ofertas as empresas Universo, Econoronha e o Consórcio Nui/Spazzio.

A empresa vencedora poderá explorar comercialmente o forte, que tem estrutura de 4 mil metros quadrados, com a instalação de lojas, cafés, livrarias, entre outros serviços. O prazo para execução e início das atividades começa a partir de 180 dias consecutivos após a assinatura do contrato, tempo necessário para a preparação e o funcionamento das atividades comerciais no Forte dos Remédios. A empresa também deverá incluir na programação, durante todo o ano, atividades culturais, como exposições, apresentações teatrais, concertos e lançamentos.

Localizada na Vila dos Remédios e datada do século 18, a Fortaleza de Nossa Senhora dos remédios foi tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico (Iphan) em 1961 e faz parte do Conjunto Histórico Tombado do arquipélago. Desde a sua construção, em 1737, o Forte dos Remédios sofreu várias intervenções e ampliações.  Recentemente o Iphan fez uma obra de requalificação no local, com a recuperação dos espaços originais, a reconstrução da capela e a implantação de banheiros, entre outras melhorias.

 

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Justiça por Beatriz: pais organizam peregrinação de 720 km para cobrar solução de assassinato
Pessoas que já tiveram covid podem adoecer novamente devido à ômicron
Reino Unido aprova mais um medicamento contra Covid-19
Manhã na Clube: entrevista com o deputado estadual Eriberto Medeiros (PP), presidente da Alepe
Grupo Diario de Pernambuco