Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

COVID-19

Suspensão do uso de máscara é 'precoce e inadequado', afirma especialista em coletiva da SES-PE

Publicado em: 07/10/2021 12:27 | Atualizado em: 07/10/2021 12:45

Médico e representante da Sociedade Brasileira de Imunizações, Eduardo Jorge da Fonseca, considera 'precoce e inadequado' o debate de suspensão da máscara.  (Miva Filho/SES-PE)
Médico e representante da Sociedade Brasileira de Imunizações, Eduardo Jorge da Fonseca, considera 'precoce e inadequado' o debate de suspensão da máscara. (Miva Filho/SES-PE)

Durante coletiva realizada pela Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco (SES-PE), na manhã desta quinta-feira (7), o debate sobre a suspensão do uso de máscara, item recomendado desde o início da pandemia, foi considerado “precoce e inadequado”, pelo médico e representante da Sociedade Brasileira de Imunizações, Eduardo Jorge da Fonseca. Hoje, Pernambuco atingiu a marca de 50% da população imunizada com o ciclo vacinal concluído com duas doses, acima dos 12 anos de idade. Segundo a SES-PE, 3,8 milhões de pessoas tomaram as duas doses da vacina ou a dose única. Os dados da secretaria indicam, no entanto, que ainda faltam 3,8 milhões de pessoas tomarem a doses complementares. Diante do cenário, o uso do item de proteção facial continua a ser imprescindível para contenção do vírus, conforme explicam as autoridades sanitárias.

“O debate sobre a retirada de máscara é extremamente precoce e inadequado. Nós não temos ainda situação epidemiológica persistente que indique a suspenção ou sequer o início da discussão da retirada de máscara. Este é um debate que não vai caminhar bem. Precisamos fortalecer e dizer que estamos no caminho certo, é longo, mas está sendo trilhado da melhor forma possível com o aumento de cobertura vacinal”, complementou o especialista Eduardo Jorge.

Para o secretário André Longo, também é “cedo e precoce” falar sobre o assunto. “O cuidado com a máscara deve ser mantido. Nós esperamos atingir taxas maiores de cobertura, para iniciar esse processo de discussão, que deverá ser escalonado e discutido com a sociedade. Há muitas pessoas que não usam o item nas ruas, e temos observado isso. Por exemplo, nos estádios de futebol, estamos observando o comportamento de descumprimento. Todos nós queremos retomar as atividades, mas é preciso ter cuidado. Não temos condições de abdicar do uso de máscara nesses espaços”.

A recomendação do secretário é que se evite aglomerações, e que os promotores dos eventos que estão em processo de flexibilização também atuem fiscalização os espaços, seja na checagem do ciclo vacinal, seja na confirmação de que a pessoa não está com a Covid-19 através de testes. “A população precisa incorporar a testagem. Nós estamos facilitando e incorporando, inclusive com veículos móveis de testagens”.

Reforço de vacinação

 

De acordo levantamento realizado pela SES-PE, preenchido pelos municípios pernambucanos, 486 mil pessoas estão em atraso para a segunda dose das vacinas contra a Covid-19. Sendo, 254 mil da AstraZeneca, ou seja após 90 dias; 95 mil pessoas, em atraso com a CoronaVac, acima de 28 dias; e Pfizer, 135 mil pessoas, acima de 60 dias.

“A gente reforça o apelo para que toda sociedade. Precisamos que todas as pessoas que exercem algum papel de liderança, seja na saúde, comercio, empresarial, para difundir a importância para a nossa sociedade, para que superemos a pandemia com o esforço coletivo. É preciso lembrar a importância da vacinação completa, com as duas doses – à exceção da vacinação de dose única. E também do resgate a dose complementar, para populações vulneráveis. Todo dia tem que ser dia de mobilizar pela vacinação”.

“Não estamos confortáveis, epidemiologicamente, para afrouxar as medidas de restrições. Precisaremos a continuar usar máscara. Precisamos avançar e resgatar as pessoas que não tomaram as segundas doses. Só com a população vacinada com as duas doses, é que continuaremos com a perspectiva de controle dessa pandemia. E isso ainda não aconteceu”, finalizou o médico Eduardo Jorge.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Morreu James Michael Tyler, o Gunther de Friends
Manhã na Clube: entrevistas com Alberes Lopes, Antônio César Cruz e Almir Reis
Destaque do Náutico, meia Jean Carlos completa 100 jogos com a camisa alvirrubra
Baixas na equipe de Guedes
Grupo Diario de Pernambuco