Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

IMUNIZAÇÃO

Adolescente a partir de 12 anos e com comorbidades já pode se vacinar contra Covid-19 em Vitória

Publicado em: 30/08/2021 18:23

Na tarde desta segunda-feira (30), o prefeito Paulo Roberto (MDB) anunciou a redução de idade para vacinação contra Covid-19, de 12 a 17 anos com comorbidades, deficientes, mulheres que tiveram filho há 45 dias e gestantes na cidade da Vitória de Santo Antão. A divulgação foi feita por uma transmissão ao vivo nas redes sociais junto com a secretária de Saúde e Bem-Estar, Bruna Dornelas.

Para vacinação dos adolescentes com comorbidades, será preciso primeiro fazer o cadastro no site vacina.prefeituradavitoria.pe.gov.br, anexando uma declaração (modelo disponível no site) que deverá ser assinada pelo responsável do adolescente e pelo médico. Os adolescentes com deficiência permanente também deverão comprovar por meio de um laudo médico com assinatura do médico e do responsável pelo adolescente.

Caso a pessoa tenha alguma dificuldade de fazer o cadastramento pela internet, pode procurar o ponto de vacinação no Vitória Park Shopping ou do Colégio Municipal 3 de Agosto, para fazer o processo de inscrição no sistema com apoio de um funcionário. Após o cadastro, a documentação será analisada e com o cadastro aprovado, é possível agendar dia e hora para receber o imunizante, que neste caso é especificamente o da fabricante Pfizer, único autorizado para o público entre 12 e 18 anos.

A vacinação segue de domingo a domingo em quatro polos na cidade: no Samu e do Pátio de Eventos Otoni Rodrigues, que funciona no modelo drive-thru, para pessoas nos carros; no Colégio 03 de Agosto e no Vitória Park Shopping, as pessoas devem se dirigir a pé. Os três primeiros locais recebem o público das 8h às 17h, enquanto o do Vitória Park Shopping segue o horário de funcionamento do centro de compras.

As mulheres grávidas e que tiveram filho há no máximo 45 dias (puérperas) a partir dos 12 anos de idade não precisam agendar para receber o imunizante. Elas devem se dirigir ao Centro de Saúde da Mulher (Cesmu), que fica na Avenida Silva Jardim, no bairro da Matriz, com a comprovação respectivamente da gestação ou declaração de nascido vivo, registro de nascimento da criança, das 11h30 às 15h.

Comorbidades aptas a receberem a vacina a partir dos 12 anos:
Diabetes mellitus
Pneumopatias crônicas graves
Hipertensão Arterial Sistêmica (HAS)
Doenças cardiovasculares:
Insuficiência cardíaca (IC)
Cor-pulmonale e Hipertensão pulmonar
Cardiopatia hipertensiva
Síndromes coronarianas
Valvopatias
Miocardiopatias e Pericardiopatias
Doenças da Aorta, dos Grandes Vasos e Fístulas arteriovenosas
Arritmias cardíacas
Cardiopatias congênitas
Próteses valvares e Dispositivos cardíacos implantados
Doenças neurológicas crônicas
Doença renal crônica
Imunossuprimidos
Obesidade Grave
Síndrome de down
Cirrose hepática

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
As mães em plena pandemia: casal paulista adota cinco irmãos de Serra Talhada
Bolsonaro aumenta IOF para custear novo Bolsa Família
Surto de Covid-19 obriga Presidente da Rússia a ficar em isolamento
Manhã na Clube: entrevistas com o deputado Eduardo da Fonte (PP), Elias Paim e Diego Martins
Grupo Diario de Pernambuco