Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

ALERTA

Mais de 170 mil doses deixaram de ser aplicadas em Pernambuco por conta de faltosos

Publicado em: 14/07/2021 21:05 | Atualizado em: 14/07/2021 22:45

 (Foto: Tânia Rego/Agência Brasil)
Foto: Tânia Rego/Agência Brasil
O alto número de pessoas faltosas tem gerado dificuldades para a sequência da imunização coletiva no estado. Segundo o secretário de saúde de Pernambuco, André Longo, o estado tem o registro de 173.579 mil doses em atraso, sendo que grande parte delas corresponde aos imunizantes da CoronaVac e da AstraZeneca. 

"Continuamos preocupados com essa questão da falta das pessoas no prazo para a segunda dose. É muito importante completar o esquema vacinal", disse o secretário. Por conta disso, o gestor da saúde local afirmou que o monitoramento, em conjunto com os municípios, foi intensificado.

"Precisamos trabalhar e temos cobrado dos municípios e feito o acompanhamento dos estoques para que eles façam busca ativa. Nós entendemos que a maneira mais fácil de se fazer essa busca ativa é utilizando a atenção primária. Temos conseguido bater meta em alguns grupos, mas com outros ainda é preciso ter um esforço maior por parte dos municípios", declarou. 

A celeridade da vacinação e da imunização coletiva ganha ainda mais necessidade após a confirmação de que dois tripulantes filipinos, do navio Shoveler, de bandeira do Chipre, atracado no Recife, estão contaminados com a variante Delta, oriunda da Índia. 

O navio tem 19 tripulantes, e, desses, nove testaram positivo para o novo coronavírus. Além dos dois tripulantes internados em enfermaria, um terceiro tripulante, de 49 anos, continua internado em UTI. Segundo a Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE), outros seis positivos para a Covid-19 passam bem e estão isolados na embarcação, sendo monitorados, assim como os 10 tripulantes que testaram negativo para a doença.  

"Isso é muito mais importante num contexto em que pode haver a introdução de uma variante nova, como a variante Delta, e a gente sabe que, quem garante a maior proteção contra essas variantes são as pessoas que estão vacinadas com as duas doses", relembrou Longo. 









Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Homem com granada mobiliza polícia de Kiev
Manhã na Clube: entrevistas com Eduardo Leite (PSDB),  Sérgio Montenegro e Joaquim Francisco
Bolsonaro investigado: Não aceitarei intimidação
Manhã na Clube: entrevistas com prefeito João Neto (PL), dra Tamires Sales e advogado Rômulo Saraiva
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco