Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

OPERAÇÃO

Procon-PE realizou operações de fiscalização em estabelecimentos de todo o estado durante o final de semana

Publicado em: 07/06/2021 18:11

 (Foto: Divulgação/Procon-PE)
Foto: Divulgação/Procon-PE
Neste final de semana, com equipes divididas entre a Zona da Mata, Agreste e a Região Metropolitana do Recife (RMR), o Procon Pernambuco fiscalizou mais de 90 estabelecimentos, entre eles: bares, comércios e restaurantes. As ações de fiscalização de cumprimento do decreto do Governo de Pernambuco, que contam com o apoio das gestões municipais, da Agência Pernambucana de Vigilância Sanitária (Apevisa), Polícia Militar e Corpo de Bombeiros, realizou apenas autuações e orientações. 

No sábado (5), passava das 22h, quando o Posto Ipiranga, na Avenida Bernardo Vieira de Melo, em Piedade, em Jaboatão dos Guararapes, foi identificado pelos fiscais. No posto, foram encontradas algumas irregularidades. Havia pessoas no ambiente interno fora do horário de funcionamento permitido, como também diversos produtos vencidos estavam disponíveis para venda, alguns estavam sem data de fabricação e validade. O estabelecimento foi autuado pela equipe do Procon e notificado pela Apevisa.

No bairro de Baixa Grande, em Pesqueira, no Agreste, um grupo com mais de 20 jovens jogava bola quando a equipe de fiscalização os avistou. A partida foi encerrada pelos fiscais, o grupo recebeu orientações contra o coronavírus e foi dispensado logo em seguida. Ainda no município, os fiscais distribuíram máscaras e orientaram a população local acerca da importância do cumprimento das medidas de proteção. 

Em Santa Cruz do Capibaribe, o bar e lanchonete KL funcionava com as portas entreabertas com atendimento para cerca de 7 clientes. No local, ninguém usava máscara. Diante dos fatos, foi lavrado um auto de constatação. 

Já em Carpina, na Zona da Mata, uma loja foi autuada pelo órgão. O estabelecimento de utilidades domésticas, foi autuado por está funcionando sem que o mesmo seja um serviço permitido durante a quarentena.

“Vale ressaltar que além da intensa fiscalização nos municípios pernambucanos, estamos sempre dialogando e orientando com a população geral para que não deixem de se cuidar e cuidar do próximo”, finaliza o secretário de Justiça e Direitos Humanos, Pedro Eurico.

Balanço geral

Desde o início do ano, quase mil estabelecimentos foram fiscalizados, destes, mais de 300 foram autuados e mais de 80 interditados.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Time de engenheiros se une para montar respiradores 15 vezes mais baratos e salvar milhares de vidas
Manhã na Clube: entrevistas com Marília Arraes, Marcella Salazar e Aurimar Borges Jr
Presidente da Argentina faz ataques xenofóbicos ao Brasil
Manhã na Clube: entrevistas com Tadeu Alencar e Túlio Rangel
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco