Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

COVID-19

'Precisamos constranger pessoas que estejam sem máscara', diz secretário de Saúde de Pernambuco

Publicado em: 25/03/2021 18:59 | Atualizado em: 25/03/2021 19:59

 (Foto: Bruna Costa / Esp. DP)
Foto: Bruna Costa / Esp. DP

Após anunciar a prorrogação das medidas restritivas em Pernambuco, seguindo até o dia 31 de março, o governo do estado destacou, na tarde desta quinta-feira (25), a necessidade de ações mais incisivas, com o propósito de reduzir a aceleração dos casos da Covid-19. a decisão inclui um novo plano de convivência, a partir do 1º de abril, quando as praias serão liberadas para as atividades individuais. As medidas abrangem, ainda, as celebrações religiosas, que poderão voltar a ocorrer, cumprindo os protocolos pré-estabelecidos. Já a partir do dia 5, as aulas presenciais serão retomadas, na rede privada e também para o Ensino Médio da rede estadual.

“Vamos completar um ciclo de 14 dias de medidas restritivas mais intensas, cujo os efeitos, esperamos, devem começar a ser sentidos nas próximas semanas.  A partir de abril, continuaremos em um estágio de restrições, que será gradual e com sua evolução e intensidade continuando atreladas, necessariamente, ao comportamento das pessoas e aos números da pandemia. Agora, mais do que nunca, queremos cobrar a sua decisão de só sair de casa para o que for essencial. Devemos passar a constranger pessoas que estejam andando sem máscara do nosso lado”, afirmou o secretário de Saúde, André Longo.

O gestor também relatou um pequeno atraso na chegada a Pernambuco de uma nova remessa de vacinas, anteriormente prevista para esta quinta-feira (25) e agora aguardada para esta sexta-feira (26). Ao todo, conforme a pasta, serão 177,9 mil doses de vacinas, sendo os imunizantes divididos em 133,2 mil vacinas da Coronavac e 44,7 mil da AstraZeneca/Oxford. “No mesmo momento da chegada, o material já será redistribuído para as regionais de saúde, estando a disposição dos municípios”, disse Longo. Segundo ele, o reforço vai permitir a vacinação dos idosos entre 65 e 69 anos.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 23/04
Em Cúpula do Clima, Bolsonaro promete neutralidade de carbono até 2050
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 22/04
Após polêmicas, Superliga Europeia é suspensa
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco