Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

Governo de Pernambuco reajusta auxílio pago às mulheres sob proteção do Estado

Publicado em: 18/11/2020 17:16 | Atualizado em: 18/11/2020 19:13

 (Aluísio Moreira/SEI/ Divulgação
)
Aluísio Moreira/SEI/ Divulgação
O projeto de lei para o reajuste em 78% do auxílio-financeiro pago às mulheres em situação de violência doméstica e familiar, e que estão sob proteção do Estado, foi enviado à Assembleia Legislativa (Alepe), nesta quarta-feira (18). Com a lei assinada pelo governador Paulo Câmara, o auxílio passa de R$ 250 para R$ 446,04, pagos em parcela única às usuárias beneficiadas, para custear o pagamento das despesas básicas e emergenciais.

“Essa lei prevê também o serviço 24h de técnicos e policiais que vão até a origem da ameaça e ofertam proteção à mulher, seja no deslocamento para um lugar seguro ou para uma casa abrigo, a depender da vontade da vítima. Durante esse processo de proteção, as mulheres têm suas demandas psicológicas, sociais e jurídicas atendidas, reconstroem o seu novo projeto de vida e, na ocasião do desabrigamento, é ofertada a parcela do auxílio financeiro”, explica a diretora de Enfrentamento da Violência contra a Mulher da Secretaria da Mulher de Pernambuco, Bianca Rocha.

O projeto altera a Lei Estadual nº 13.977, Lei do Abrigamento, instituída em 2009, que determina o abrigo, atendimento e proteção às mulheres em situação de violência doméstica e familiar, sob risco de morte, em Pernambuco. Está fundamentado na Lei 11.340/2006, Lei Maria da Penha, importante instrumento legal de garantia de direitos às vítimas de violência doméstica e familiar.

A Lei Maria da Penha assegura às mulheres o efetivo exercício dos direitos à vida, segurança, saúde, alimentação, educação, cultura, moradia, acesso à justiça e à cidadania, à dignidade e ao respeito e à convivência familiar e comunitária. Também prevê medidas de assistência à mulher em situação de violência doméstica e familiar, por meio de um conjunto integrado de ações da União, Estados e municípios. 

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Segundo turno em PE: João Campos é eleito prefeito do Recife
Polícia Federal caça responsáveis por tentativa de ataque ao sistema do TSE
Apesar de empate em pesquisas, João Campos confia em vitória
Marília Arraes tem agenda intensa no dia que decide a eleição no Recife
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco