educação Com mais de mil candidatos, Pernambuco registra aumento de inscrições no Encceja Prisional 2019

Por: Joyce Lacerda

Publicado em: 09/10/2019 11:32 Atualizado em: 09/10/2019 11:55

Divulgação
Divulgação
Mais de mil reeducandos das unidades prisionais de Pernambuco participam, nesta quarta (9), do último dia do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja), destinado às pessoas privadas de liberdade que não concluíram o ensino fundamental e médio na faixa etária adequada. A prova está sendo aplicada desde a terça-feira (8) 

De acordo com a Secretaria Executiva de Ressocialização (Seres), 1.382 reeducandos das unidades prisionais do estado se inscreveram no exame, que é realizado anualmente pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Com esse quantitativo, o aumento foi de quase 65% em relação a 2018, com 838 candidatos inscritos. 

As provas são aplicadas dentro dos estabelecimentos penais e os reeducandos são inscritos pelo responsável pedagógico de cada unidade prisional. “Apostamos na educação e no trabalho como grandes aliados no processo de ressocialização”, explica o secretário Estadual de Justiça e Direitos Humanos, Pedro Eurico

Além do Encceja, reeducandos das unidades prisionais do estado também se preparam para a maratona do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). De acordo com a Seres, 1.162 reeducandos farão as provas do Exame, que serão aplicadas nos dias 10 e 11 de dezembro
 

*Com informações da Seres



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.