Investigação Polícia Federal prende suspeitos de assaltar agência dos Correios

Por: Diario de Pernambuco

Publicado em: 23/09/2019 08:57 Atualizado em: 23/09/2019 13:45


Foto: Divulgação/PF. (Foto: Divulgação/PF.)
Foto: Divulgação/PF.

Um homem de 29 suspeito de ter praticado assaltos a agências dos Correios no interior do estado foi preso pela Polícia Federal de Pernambuco. A captura ocorreu na última terça-feira (17), no município de Caruaru, no Agreste. Durante interrogatório, ele confessou que cometeu os crimes. O segundo suspeito foi preso hoje em Monteiro na Paraíba. 
 
De acordo com informações da Polícia Federal, Euclides Chagas dos Santos já foi preso duas vezes nos anos de 2011 e 2017 por tráfico de drogas e roubo. A prisão aconteceu após as investigações dos assaltos ocorridos nos dias 11 de julho na agência dos Correios em Riacho das Almas, no Agreste, e no dia 4 de setembro, na agência dos Correios em Chã Grande, na Zona da Mata. Também foi responsável pelo assalto numa agência de cooperativa de crédito-SISCOOB no centro de Bezerros, no Agreste, no dia 24 de julho.

O suspeito estava morando no bairro do Salgado em Caruaru. A PF solicitou à 16ª Vara da Justiça Federal da cidade mandados de prisão preventiva e de busca e apreensão para ser cumprido na residência do assaltante. Com as ordens judicias, foi montada uma operação com apoio do Grupo de Pronta Intervenção (GPI), da Polícia Federal, para realizar a prisão do suspeito.

Ao chegar no local através de uma abordagem os federais realizaram a prisão do suspeito que estava na sala do imóvel, juntamente com seus familiares. Na sua residência também foram apreendidos um revólver calibre 38 sem munições, quardado em cima do guarda-roupa, dentro de uma caixa de papelão,  um par de sapatos utilizado no dia do assalto, um aparelho celular e um documento de identidade falso em nome de outra pessoa que vinha utilizando para não ser encontrado.

O preso foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Federal em Caruaru para que fossem feitos os procedimentos de polícia judiciária, tendo sido autuado em flagrante pela prática dos crime de posse irregular de arma de fogo de uso permitido, além de multa e em virtude do crime de competência da esfera federal que ensejou o Mandado de Prisão Preventiva pelo crime de roubo com emprego de arma de fogo. Caso venha a ser condenado poderá pegar penas que variam de 4 a 10 anos de reclusão.

Após a autuação, o preso realizou exame de corpo de delito no Instituto de Medicina Legal (IML), passou por audiência de custódia nas duas esferas judiciais e teve a sua prisão preventiva confirmada e foi encaminhado para o Presídio Dr. Ênio Pessoa de Guerra, em Limoeiro, onde ficará à disposição das Justiças Federal e Estadual.

Durante interrogatório, o preso confessou a participação nos dois assaltos e disse que adquiriu a arma de fogo por R$ 2,5 mil com o dinheiro do assalto da agência dos Correios de Riacho das Almas. Disse que a identidade falsa comprou pela internet pro R$ 1 mil e que estava cirurgiado por ter sido vítima de agressão por parte de assaltantes que teriam invadido a casa para pegar o dinheiro do assalto e outrospertences de valor.
 
SEGUNDA PRISÃO 

No início da tarde, a PF prendeu o segundo suspeito de nome Waden da Silva Araújo, que atuou no assalto à agência dos Correios de Riacho das Almas e Chã Grande. Ele foi preso em Monteiro, na Paraíba.
  



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.