Educação Estudantes debatem com juízes sobre direitos e deveres no trabalho

Por: Diario de Pernambuco

Publicado em: 18/09/2019 07:45 Atualizado em: 18/09/2019 08:32

Esta é a segunda vez que a Escola Dom Bosco recebe o programa TJC. 
Foto: Peu Ricardo/DP. (Esta é a segunda vez que a Escola Dom Bosco recebe o programa TJC. 
Foto: Peu Ricardo/DP.)
Esta é a segunda vez que a Escola Dom Bosco recebe o programa TJC. Foto: Peu Ricardo/DP.

Nesta quarta-feira (18), a partir das 14h, os estudantes da Escola Estadual Dom Bosco, no bairro da Tamarineira, recebem pela segunda vez o Programa Trabalho, Justiça e Cidadania (TJC), da Associação do Magistrados do Trabalho (Amatra 6).

Pelo menos 200 estudantes vão realizar apresentações culturais para a comitiva de juízes. Serão duas peças teatrais, desenhos e leitura de poema tudo com a temática de cidadania e direitos humanos envolvendo questões trabalhistas.

Após as apresentações, haverá uma roda de conversa com juízes sobre direitos e deveres no mundo do trabalho. Esta é a segunda vez que a Escola Dom Bosco recebe o programa TJC.  

Os melhores trabalhos desenvolvidos ao longo do TJC pelas escolas envolvidas no programa farão parte de uma culminância. O tema deste ano será Trabalho, Infância e Juventude: Desafios e Perspectivas na Superação da Violência. O encontro será das 13h20 às 17h, no auditório da FIEPE, no Recife.

TJC- A iniciativa é desenvolvida pela Associação do Magistrados do Trabalho (Amatra 6), em parceria com a Secretaria de Educação de Pernambuco. Este ano, o programa atende 12 escolas, no Recife (06) e no interior (06). Implantado em 2005, já beneficiou mais de 40 mil jovens no estado.

A partir da capacitação dos educadores para a temática de direitos humanos e trabalhistas, os juízes vão às escolas conversar com os estudantes, tirando dúvidas sobre questões cotidianas. O programa segue em ações internas, com a elaboração de trabalhos que serão apresentados na conclusão anual do TJC, em outubro.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.