Operação 101 Segura Quadrilha responsável por 30 roubos de cargas na BR-101 é desarticulada

Por: Diario de Pernambuco

Publicado em: 29/07/2019 12:44 Atualizado em: 29/07/2019 13:38

Foto: Leandro de Santana/DP Foto. (Foto: Leandro de Santana/DP Foto.)
Foto: Leandro de Santana/DP Foto.
Uma organização criminosa que realizava roubos de cargas foi desarticulada pela Polícia Civil. Na primeira fase da Operação 101 Segura, quatro pessoas foram presas e dois suspeitos estão foragidos. De acordo com as investigações, o grupo criminoso é responsável por praticar, pelo menos, 30 roubos nas rodovias da Região Metropolitana do Recife (RMR). Os detalhes da operação foram apresentados na manhã desta segunda-feira (29), no Departamento de Repressão aos Crimes Patrimoniais (Depatri), no bairro de Afogados, na Zona Oeste do Recife.

Na maior parte dos casos, os assaltantes atuavam na BR-101, no trecho entre os municípios do Cabo de Santo Agostinho, no Grande Recife, e Escada, na Zona da Mata do estado. "O que chama a atenção é que os assaltantes faziam a abordagem na rodovia, retiravam os motoristas do caminhão e um comparsa assumia a direção. Então, os suspeitos iam até a Zona Rural, realizavam o transbordo da casa e liberavam os motoristas. Havia uma maior incidência de roubos de cargas de alimento, bebidas, cosméticos e até combustível", explicou o delegado Edmilson Batista.

Os suspeitos foram presos pelos crimes de roubo de carga e associação criminosa. As investigações iniciaram em 2018 pela Delegacia de Roubos e Furtos de Cargas de Pernambuco. No intervalo de um ano, esta associação foi responsável por mais de 30 roubos de cargas. Todos os suspeitos foram reconhecidos pelas vítimas. O primeiro a ser identificado, apontado como um lideres da associação, foi Felipe Ricardo Gameiro De Moura, de 32 anos, preso no dia 2 janeiro deste ano, em Enseada do Corais, Cabo de Santo Agostinho.

O nome desse primeiro suspeito levou aos outros, presos neste mês de julho. No decorrer das investigações, foram identificados e qualificados os demais integrantes da associação. Entre eles, foram presos Fabio Leal da Silva, 38, no último dia 10 de julho, Cristiano de Souza Ribeiro, 33, capturado no dia 23 de julho e Josenildo Joaquim de Santana, 21, detido no dia 5 de julho. A polícia ainda identificou Emerson Lopes David, 29 e Raul Nascimento da Silva, 23, como possíveis envolvidos. Os dois estão foragidos.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.