Espinheiro Mulher é presa suspeita de cometer assaltos na Agamenon Magalhães

Por: Diario de Pernambuco

Publicado em: 12/07/2019 12:19 Atualizado em: 12/07/2019 12:24

Foto: Divulgação/PCPE. (Foto: Divulgação/PCPE.)
Foto: Divulgação/PCPE.

Uma mulher suspeita de ter praticado dois assaltos na Avenida Agamenon Magalhães, no bairro do Espinheiro, foi presa pela Polícia Civil, nesta quarta-feira (10). Um homem acusado de agir com ela nas investidas criminosas está sendo procurado. De acordo com a Polícia Civil, o casal está em situação de rua.

Identificada como Andréa José da Silva, de 40 anos, ela é suspeita de ter cometido dois roubos nos dias 4 e 9 de julho. Imagens de câmeras de segurança ajudaram a identificar a identidade dela e revelam a colaboração de um homem durante os assaltos.

A Polícia estava em investigação há cinco dias e na última quarta-feira fez uma abordagem conseguindo capturar apenas Andréa. De acordo com a Polícia Civil, ela resistiu à prisão, caiu e ficou ferida. A investigada está internada sob custódia no Hospital da Restauração (HR), sob custódia.

Em depoimento informal, ela confessou que cometeu os assaltos com o companheiro, Caetano de Santana. Ao perceber a presença dos policiais, o outro suspeito fugiu e continua sendo procurado. Após receber alta, ela será encaminhada à Delegacia do Espinheiro para ser interrogada e apresentada à audiência de custódia.

"Nós chegamos aos meliantes através das imagens fornecidas pela própria comunidade local. O papel da mulher era determinante. Ela executava o crime. Ele ficava na retaguarda dando apoio para que ela cometesse os assaltos. É importante que as vítimas que reconhecem o meliante compareçam à delegacia e só assim passarão mais tempo nos sistema prisional"

O crime mais recente ocorreu nas proximidades da Avenida Mário Melo, contra uma estudante de direito que estava caminhando na via local da Agamenon Magalhães, em direção ao estágio. A jovem foi abordada pela mulher, que disse estar armada com uma faca e pediu que a vítima entregasse a bolsa. A outra investida, também flagrada por câmeras de segurança, ocorreu no dia 4 de julho, quando Andréa assaltou uma idosa utilizando uma faca peixeira.

Quem tiver informações sobre Caetano de Santana pode denunciar na Delegacia do Espinheiro ou ligar para o Disque-denúncia pelo telefone 3421-9595.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.