Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Notícia de Local

Fundaj comemora 70 anos com homenagens e medalhas

Publicado em: 21/07/2019 20:25 | Atualizado em: 21/07/2019 21:37

O presidente do Diario de Pernambuco, Alexandre Rands, foi um dos homenageados - Peu Ricardo/DP
A Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj) aproveitou a data exata de sua criação para celebrar, através de diversas frentes, seus 70 anos de atividade. Uma delas foi a entrega foi a entrega das medalhas Joaquim Nabuco e Gilberto Freyre, que homenageiam nomes da sociedade que contribuíram para o fortalecimento da instituição. No início da noite deste domingo (21), 110 pessoas foram agraciadas com a lembrança, como servidores históricos, famílias, autoridades e personalidades, como o presidente do Diario de Pernambuco, Alexandre Rands.

O presidente da fundação, Antônio Campos, defende que este é o momento ideal para mostrar a contribuição Fundaj à sociedade. “Vamos mostrar serviço à população, com muito trabalho, gestão, foco e governança. Abrimos uma nova página. Vamos colocar a instituição junto do que for importante para a cultura pernambucana e nordestina”, afirma. 

O ministro da Educação Abrahan Weintraub não pôde estar presente na solenidade, mas a pasta foi representada pelo assessor especial do MEC, Vandelei Soares Gutierres. “Essas comemorações, como a entrega das medalhas, são a maior forma de celebrar Gilberto Freyre e Joaquim Nabuco, além de reforçar o compromisso e a responsabilidade da Fundaj com seus propósitos”, destaca.

A entrega das medalhas foi realizada no jardim do Museu do Homem do Nordeste (Muhne), subordinado à fundação, que fica em Casa Forte, Zona Norte do Recife, com a presença da banda da Polícia Militar de Pernambuco. Como mencionado, o Diario foi homenageado através do presidente, Alexandre Rands. “Receber essa medalha é um reconhecimento importante, vindo de uma instituição tão tradicional, importante para a formação de pessoas e agregação e discussão de ideias”, diz Rands. Lia de Itamaracá, J. Borges, Renata Borba, do Iphan, e Monsenhor Albérico, representando a Arquidiocese de Olinda e Recife, foram outros presenteados. 

Solenidade aconteceu no jardim do Museu do Homem do Nordeste, em Casa Forte - Peu Ricardo/DP

Exposição
Antes da entrega das medalhas, Antônio Campos acompanhou um grupo de visitantes ilustres à exposição de 40 anos do Muhne, em que foram selecionadas 40 obras que levam o público a imergir na trajetória do museu, criado a partir da união de outros três centros culturais (museus do Açúcar, de Antropologia e de Arte Popular).

De acordo com o coordenador do museu, Frederico Almeida, foi um longo trabalho de curadoria, visto que o acervo do Muhne conta com 16 mil peças. “Foi muito difícil selecionar 40 peças que representassem a diversidade do nosso material. Algum deles não estavam expostos ao público. Tentamos dar uma mostra de quem somos”, pontua.

Outras atividades
Na manhã deste domindo, abrindo o dia de aniversário da Fundaj, foram lançados os selos postais Joaquim Nabuco e Gilberto Freyre. A solenidade dos selos foi realizada no Engenho Massangana, com a presença de familiares dos dois notáveis. "O local representa muito para nós, para Pernambuco, para o Brasil. E nada mais gratificante que participar do lançamento de um selo do meu bisavô, mas que estampa também Freyre", agradeceu Pedro Nabuco, documentarista e bisneto de Joaquim.

Ainda dentro das comemorações de 70 anos, a Fundaj promove, de 25 a 28 de julho, uma mostra de filmes portugueses no Cinema da Fundação. Serão sete longas de diretores lusitanos nunca vistos no estado, numa parceria com a Embaixada Portuguesa e o Instituto Camões.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Maria, mãe de um povo ferido
Confira a estreia do programa In set
Educação humanizadora e não violência nas escolas
João e os 50 anos de colunismo social
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco