Com estoque baixíssimo, Hemope convoca população para doar sangue

Publicado em: 22/07/2019 21:20 Atualizado em:

Estoque de sangue do Hemope está em níveis críticos - Miva Filho/SES-PE
Estoque de sangue do Hemope está em níveis críticos - Miva Filho/SES-PE
Responsável por atender todas 90% das demandas de sangue da saúde pública, o Hemope convida a população para doar sangue no hemocentro do Recife, localizado na Rua Joaquim Nabuco, na Graças, Zona Norte da capital. O estoque da instituição está em estado crítico e, nas últimas semanas, o número de doadores vem caindo, em virtude das férias escolares e das chuvas. Caso não consiga novas doações, o atendimento prestado à hospitais e clínicas pode ficar comprometido

Atualmente, todos os oito tipos sanguíneos (A+, A-, B , B-, AB , AB-, O e O-) estão com poucas bolsas disponíveis. Além da solidariedade, o ato da doação pode ajudar a pessoa a descobrir seu estado de saúde. “Como precisamos testar o sangue para diversas doenças, em casos positivos, também informamos ao doador para que ele possa buscar tratamento adequado, considerando que algumas ele não sabe que tem determinada doença”, aponta a presidente do Hemope, Gessyane Paulino. 

“Além disso, existe a satisfação de poder salvar vidas com um ato simples e solidário”, acrescenta a gestora. Atualmente, o Hemope é responsável por 80% das coletas de sangue em todo o estado de Pernambuco.

Como doar sangue?
Para poder doar, o interessado deve ter entre 16 e 69 anos, mais de 50 quilos, estar bem alimentado e ter boas condições de saúde. Na hora da doação, deve estar com um documento original, com foto, em mãos. Pode ser uma carteira de identidade, carteira de trabalho ou habilitação.

O Hemope funciona de segunda a sábado, das 7h15 às 8h30. Para mais detalhes, consulte diretamente o Disque Doações do Hemope, no número 0800-081-1535. A ligação é gratuita.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.