Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Notícia de Local

Clima

Apac e Defesa Civil alertam sobre continuidade das chuvas. Veja a previsão

Publicado em: 23/07/2019 07:56

Foto: Leandro de Santana / Esp. DP Foto (Foto: Leandro de Santana / Esp. DP Foto)
Foto: Leandro de Santana / Esp. DP Foto (Foto: Leandro de Santana / Esp. DP Foto)

De acordo com a Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac), esta terça-feira (23) as chuvas continuam no estado. Em boletim divulgado no fim da tarde desta segunda (22), o órgão informou que a previsão é de chuva de intensidade moderada a forte para toda a Zona da Mata e a Região Metropolitana do Recife.

Na Região Metropolitana do Recife (RMR), o dia segue nublado com pancadas de chuva de forma isolada  com intensidade moderada a forte.A máxima chega a 28°C e a mínima a 20°C.

A Zona da Mata também deve registrar mais chuva isolada e forte durante o dia de hoje. Os termômetros marcam entre 28°C e 21°C.

Já o Agreste pernambucano a mínima pode chegar a 16°C, com chuva e ventos de velocidade forte.

No Sertão, a chuva deve ser rápida e fraca ao longo do dia e a variação térmica deve registrar entre 29°C e 16°C.

Monitoramento
Na Mata Sul, onde mais de 600 famílias ficaram desabrigadas no fim de semana, a chuva diminuiu e, segundo a Secretaria Executiva de Defesa Civil do Estado (Codecipe), os afetados já retornaram às suas casas.

Equipes da Codecipe e da Casa Militar seguem fiscalizando a situação em São José da Coroa Grande, Tamandaré e Barreiros - nesta última, a prefeitura solicitou apoio humanitário. As 518 famílias afetadas no fim de semana estão sendo cadastradas para receber donativos.

Grande Recife
Na Região Metropolitana, só foram detectadas situações mais fortes em Jaboatão dos Guararapes e São Lourenço da Mata, todas sem vítimas. No caso de Jaboatão, houve o desabamento de uma residência em Monte Verde e a queda do teto de uma casa em Santo Aleixo. Já em São Lourenço, um muro de arrimo caiu.

No Recife, todos os 67 chamados registrados pela prefeitura foram para vistoria ou implantação de lonas. A situação se repetiu em Olinda, Paulista e Camaragibe.

Rodovias
Segundo o Departamento de Estradas de Rodagem (DER), os motoristas devem ficar atentos quando passarem na PE-096, no trecho entre Água Preta e Barreiros. A circulação por ali foi afetada por conta de um deslizamento de barreira. Uma equipe técnica foi para lá, realizar limpeza e drenagem da via.

A Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) registrou o rompimento de um trecho da Adutora de Siriji, que atende oito cidades da Mata Norte. Em função do acidente, estão sem água a cidade de Condado e os distritos de Borracha (Vicência), Upatininga e Caueiras (Aliança).
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Sobe, Lia, sobe.
João Alberto entrevista Larissa Lins
Como se preparar para as provas do SSA 3 da UPE
Pelé abre o jogo e fala sobre racismo, mil gols e sucessor
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco