Diario de Pernambuco
Busca

JUDICIÁRIO

Jair Bolsonaro escolhe Messod Azulay e Domingues para o STJ

Publicado em: 01/08/2022 10:41

 (Foto: Ana Rayssa/Esp. CB/D.A Press - 22/2/17)
Foto: Ana Rayssa/Esp. CB/D.A Press - 22/2/17
Os nomes desembargadores Messod Azulay Neto, presidente do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2), e de Paulo Sérgio Domingues, do Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF-3), foram definidos para as vagas de ministros no Superior Tribunal de Justiça (STJ). A escolha foi publicada pelo presidente Jair Bolsonaro (PL), na manhã desta segunda-feira (1º/8), no Diário Oficial da União.
 
De acordo com o rito, os nomes serão submetidos a uma sabatina no Senado, e as indicações colocadas em votação. As vagas foram abertas com as aposentadorias dos ministros Napoleão Nunes Maia Filho e Nefi Cordeiro.

Responsável por uniformizar o entendimento sobre a legislação federal brasileira, o Superior Tribunal de Justiça é composto por 33 ministros. É também a instância que analisa recursos de processos de tribunais de Justiça e tribunais regionais federais.

A escolha de Bolsonaro demorou dois meses e meio. Messod Azulay Neto era um dos favoritos ao cargo. Atual presidente do TRF-2, ele está no tribunal desde 2005. Paulo Sérgio Domingues chegou ao TRF-3 em 2014.

O nome de Ney Bello, do TRF-1, também foi cogitado e era um dos favoritos de Jair Bolsonaro. Ele contava com o apoio do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes e de outros aliados do presidente. O desembargador foi responsável pela soltura do ex-ministro da Educação Milton Ribeiro e dos pastores Gilmar Santos e Arilton Moura, envolvidos no "Escândalo do MEC".
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
WIDGET PACK - Sistema de comentários
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL

Pesquisa Ipec mostra Marília à frente na disputa pelo governo, com 33%; 2º lugar permanece acirrado

15/08/2022 às 21h25

Bolsonaro, Lula, Ciro e Tebet confirmam presença na posse de Moraes no TSE

15/08/2022 às 21h02

1,6 mil militares receberam benefícios de mais de R$ 100 mil ao ano

15/08/2022 às 20h20

Congresso tem mais de 9,3 mil candidatos ao Legislativo em outubro

15/08/2022 às 19h04

Bolsonaro abre campanha em Juiz de Fora nesta terça

15/08/2022 às 19h00

Moraes dá 5 dias para governo se manifestar sobre combate à varíola do macaco

15/08/2022 às 18h16

Senadora Simone Tebet apresenta plano de governo no último dia do prazo

15/08/2022 às 18h12

Marília Arraes inicia campanha de rua em Roda de Fogo, comunidade ligada à Arraes

15/08/2022 às 17h48

Danilo Cabral escolhe o bairro de Brasília Teimosa para realizar 1º ato oficial da campanha

15/08/2022 às 17h36

Pros retira candidatura de Pablo Marçal e confirma apoio a Lula

15/08/2022 às 17h05

Eymael oficializa candidatura à Presidência da República

15/08/2022 às 17h00

Bolsonaro e Lula devem ter primeiro encontro em posse de Moraes no TSE

15/08/2022 às 16h55

STF dá prazo para União e estados detalharem combate à monkeypox

15/08/2022 às 16h50

Humberto Costa vai coordenar a campanha de Lula em Pernambuco

15/08/2022 às 16h17

Inelegível, Witzel quer voltar ao governo do RJ pelo Partido da Mulher

15/08/2022 às 16h05

Eduardo Bolsonaro reclama da Anvisa por máscaras em voos: 'Será eterna?'

15/08/2022 às 16h00

Próximo presidente só fará reformas se desistir da reeleição, diz Tebet

15/08/2022 às 14h40

Senado: deputado do PT fica com a primeira suplência na chapa de Silveira

15/08/2022 às 14h35