Diario de Pernambuco
Busca

FAKE NEWS

PT pede que TSE retire vídeo de reunião de Bolsonaro com embaixadores

Publicado em: 19/07/2022 22:11

 (Foto: CLAUBER CAETANO / Brazilian Presidency / AFP)
Foto: CLAUBER CAETANO / Brazilian Presidency / AFP
O Partido dos Trabalhadores pediu, nesta terça-feira (19), que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) derrube os vídeos da reunião do presidente Jair Bolsonaro (PL) com os embaixadores. O material está salvo nas redes sociais do chefe do Executivo e no canal oficial da TV Brasil no YouTube. A legenda alega desinformação e propaganda eleitoral antecipada.

No encontro, Bolsonaro fez uma série de acusações contra a integridade das eleições e a segurança das urnas. Representado pelos escritórios Teixeira Zanin Martins Advogados e Aragão e Ferraro Advogados, o PT sustenta que o presidente usou canais oficiais para propagar desinformação e realizar propaganda extemporânea, pois o pronunciamento foi transmitido ao vivo e na íntegra pela mídia oficial do Governo Federal, a TV Brasil.

Os advogados também solicitam que o TSE proiba Bolsonaro de propagar as informações falsas, sob pena de multa de R$ 25 mil. A sigla diz que Bolsonaro "durante aproximadamente 46 minutos, atacou as urnas eletrônicas, a democracia e diversas autoridades públicas por meio de falas sem qualquer embasamento probatório apto a sustentar suas alegações".

A ação alega ainda que, buscando promoção pessoal visando as eleições, Bolsonaro exibiu imagens das motociatas que vem promovendo em todo país. "O representado atacou a segurança do sistema eleitoral brasileiro a partir de uma pretensa comparação entre nossa nação e os demais países”, diz o processo.

Reunião com embaixadores

Na tarde de segunda-feira (18), Bolsonaro fez uma série de ataques às urnas eletrônicas e disseminou diversas notícias falsas sobre a confiabilidade do sistema de votação do país. O presidente também insistiu no discurso de que os magistrados tentam constantemente “desestabilizar” seu governo.

Após os ataques de Bolsonaro, o ministro Edson Fachin, presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), deu recados duros ao chefe do Executivo. O magistrado disse que estão tentando “sequestrar a opinião pública” e que é hora de “dizer um basta”.

“Mais uma vez a Justiça Eleitoral e seus representantes máximos, são atacados com acusações de fraude, ou seja, uso de má fé. Ainda mais grave, é o envolvimento da política internacional e também das Forças Armadas, cujo relevante papel constitucional a ninguém cabe negar como instituições nacionais, regulares e permanentes do Estado, e não de um governo. É hora de dizer basta”, afirmou Fachin.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
WIDGET PACK - Sistema de comentários
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL

Bolsonaro, Lula, Ciro e Tebet confirmam presença na posse de Moraes no TSE

15/08/2022 às 21h02

1,6 mil militares receberam benefícios de mais de R$ 100 mil ao ano

15/08/2022 às 20h20

Congresso tem mais de 9,3 mil candidatos ao Legislativo em outubro

15/08/2022 às 19h04

Bolsonaro abre campanha em Juiz de Fora nesta terça

15/08/2022 às 19h00

Moraes dá 5 dias para governo se manifestar sobre combate à varíola do macaco

15/08/2022 às 18h16

Senadora Simone Tebet apresenta plano de governo no último dia do prazo

15/08/2022 às 18h12

Marília Arraes inicia campanha de rua em Roda de Fogo, comunidade ligada à Arraes

15/08/2022 às 17h48

Danilo Cabral escolhe o bairro de Brasília Teimosa para realizar 1º ato oficial da campanha

15/08/2022 às 17h36

Pros retira candidatura de Pablo Marçal e confirma apoio a Lula

15/08/2022 às 17h05

Eymael oficializa candidatura à Presidência da República

15/08/2022 às 17h00

Bolsonaro e Lula devem ter primeiro encontro em posse de Moraes no TSE

15/08/2022 às 16h55

STF dá prazo para União e estados detalharem combate à monkeypox

15/08/2022 às 16h50

Humberto Costa vai coordenar a campanha de Lula em Pernambuco

15/08/2022 às 16h17

Inelegível, Witzel quer voltar ao governo do RJ pelo Partido da Mulher

15/08/2022 às 16h05

Eduardo Bolsonaro reclama da Anvisa por máscaras em voos: 'Será eterna?'

15/08/2022 às 16h00

Próximo presidente só fará reformas se desistir da reeleição, diz Tebet

15/08/2022 às 14h40

Senado: deputado do PT fica com a primeira suplência na chapa de Silveira

15/08/2022 às 14h35

Bolsonaro sobre 7 de Setembro: 'Democrático e com as cores verde e amarela'

15/08/2022 às 14h30