Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Política

CONFLITO

Bolsonaro: 'Lula acabaria com a guerra na Ucrânia tomando cerveja'

Publicado em: 02/05/2022 18:20

 (Foto: Clauber Cleber Caetano/PR)
Foto: Clauber Cleber Caetano/PR
Em meio a uma aproximação entre os governos do Brasil e Rússia, o presidente Jair Bolsonaro (PL), pré-candidato à reeleição, ironizou a política externa do Partido dos Trabalhadores (PT) em um eventual governo do pré-candidato e ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Para Bolsonaro, Lula não seria capaz de conseguir dar uma resposta ao conflito entre a Rússia e a Ucrânia. 

“A razão dessa guerra, por tudo o que eu compreendo, que eu leio e que eu escuto, seria resolvida aqui no Brasil em uma mesa tomando cerveja. Teria sido resolvido aqui, senão na primeira cerveja, na segunda. Se não desse na segunda, na terceira. Se não desse na terceira, até acabarem as garrafas a gente ia fazer um acordo de paz”, afirmou o presidente.

Nesse domingo (01), Bolsonaro sugeriu às autoridades da Turquia a criação de uma espécie de comitiva de presidentes para visitar Vladimir Putin, em Moscou. 

A proposta chegou a ser descrita por uma parcela de diplomatas dentro do Itamaraty como sendo "megalomaníaca", enquanto do lado dos mediadores do conflito com a Ucrânia a percepção é de que o momento não é de "show", e sim de negociações de bastidores.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
WIDGET PACK - Sistema de comentários
Casamento de Lula e Janja: celulares barrados na entrada
Soldado russo se declara culpado por crime de guerra na Ucrânia
Manhã na Clube: entrevista com Maria Zilá Passo, advogada especialista em direito da saúde
Fechamento de escolas durante pandemia pode gerar prejuízos por décadas no Brasil
Grupo Diario de Pernambuco