Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Política

MANIFESTAÇÕES

Esplanada terá segurança reforçada para protestos deste domingo

Publicado em: 10/09/2021 20:16

 (Foto: Ed Alves/CB/D.A Press)
Foto: Ed Alves/CB/D.A Press
A Esplanada dos Ministérios terá policiamento reforçado novamente neste próximo domingo (12) para receber manifestações pró e contra o governo. Os dois grupos se cadastraram na Secretaria de Segurança Pública do DF (SSP/DF) para realizar os atos. No entanto, ganha cada vez mais força o movimento contra o presidente Jair Bolsonaro.

Pelo menos 15 capitais confirmaram a realização de atos neste fim de semana. Os organizadores apostam em maior adesão às manifestações marcadas na Avenida Paulista, em São Paulo, e na Esplanada dos Ministérios, em Brasília.

Na capital, os manifestantes se encontrarão entre o Museu da República e a Avenida José Sarney, paralela à Avenida das Bandeiras. Porém, em horários distintos. A concentração pró-Bolsonaro está prevista para às 9h com dispersão às 14h. Às 15h, o Movimento Brasil Livre (MBL) iniciará um protesto antigoverno, com previsão de término às 19h. Os atos serão acompanhados pela Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF).

Por questões de segurança, conforme foi adotado no feriado de 7 de Setembro, o acesso à Praça dos Três Poderes estará restrito. No dia da manifestação, as vias N1 e S1, na Esplanada dos Ministérios — entre a Catedral e a Avenida José Sarney — também serão interditadas para o trânsito de veículos a partir de 6h, até o último grupo de manifestantes se dispersar.

A área central de Brasília permanece sob monitoramento da Secretaria de Segurança Pública e forças de segurança locais, por meio do Centro Integrado de Operações de Brasília (Ciob). O policiamento na região será reforçado. Ainda não foi divulgada a quantidade de policiais que serão escalados para o dia.

Novas manifestações
O Movimento Brasil Livre (MBL), o Vem Pra Rua e o Juventude Livre organizam o super protesto contra o presidente para o próximo domingo (12). As manifestações contra o presidente Jair Bolsonaro devem reunir partidos de oposição e centrais sindicais. A intenção é pressionar pelo impeachment do chefe do Executivo. O grupo a favor do mandatário também afirmou que deve protestar neste fim de semana.

Os manifestantes que estavam acampados na Esplanada dos Ministérios desde segunda-feira (6) foram retirados pela Polícia Militar do DF, nesta sexta-feira (10). As autoridades locais negociavam a liberação das vias que dão acesso à Praça dos Três Poderes, desde o fim das manifestações de 7 de Setembro. No entanto, o grupo recebeu um ultimato ontem.

Durante a retirada, os bolsonaristas reclamaram da truculência das autoridades. Teve tumulto e resistência. Os manifestantes alegaram que tinham autorização para ficar no local até dia 20. No entanto, a polícia disse que a ocupação era ilegal. 
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Combate à gordofobia vira lei no Recife
Medicamento contra Covid-19 é recomendado pela OMS
Manhã na Clube: José Queiroz (PDT), Kleiton Boschi, Clarissa de França e Cristina Pires
Skate feminino decola no Brasil após Olimpíadas
Grupo Diario de Pernambuco