Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Política

POSICIONAMENTO

Presidente do PT no Recife critica Marília Arraes em nota

Publicado em: 07/04/2021 15:07 | Atualizado em: 07/04/2021 15:08

Cirilo Mota. (Foto: Instagram/Reprodução)
Cirilo Mota. (Foto: Instagram/Reprodução)
O presidente do PT no Recife, Cirilo Mota, divulgou nota nesta quarta-feira (7) criticando o voto da deputada federal Marília Arraes (PT) no PL 948/21, que flexibiliza regras para compras de vacinas contra a Covid-19 por empresas privadas. A deputada se absteve durante a votação da terça-feira (6) na Câmara. O projeto foi aprovado por 317 votos a favor contra 120 contrários. O plenário precisa ainda analisar os destaques, que podem alterar a medida, e depois o projeto terá de ser votado pelo Senado. 

A nota do presidente da sigla afirma ter recebido "com indignação" o voto de Marília e diz que o ato é "favorável à bancada bolsonarista". Marília Arraes publicou vídeo nas redes sociais ontem explicando o seu posicionamento. Ela disse "não ter opinião formada sobre o tema, mas ventila possibilidade de empresas e associações, como sindicatos, adquirirem doses", o que causou indignação para muitos seguidores das suas plataformas digitais. 

A deputada apagou o vídeo após sofrer várias críticas e divulgou nota hoje declarando ter cometido um erro de avaliação. “A responsabilidade que carrego é muito grande. E é por isso que fiz questão de vir a público deixar claro que em nenhum momento fui contrária à valorização, autonomia e fortalecimento do SUS, um sistema que eu sempre defendi e sempre defenderei”, disse.

Leia abaixo a nota do presidente do PT no Recife na íntegra:

"O presidente do PT Recife, Cirilo Mota, recebeu com indignação o voto da Deputada Federal Marília Arraes no PL 948/21. Tal ato, que vai contra toda a nossa bancada, é favorável à bancada Bolsonarista. No momento que ultrapassamos mais de 4 mil mortes nas últimas 24 horas, causada por um governo genocida e vivemos a maior crise sanitária da história deste país, Bolsonaro é responsável pelo desmonte do SUS e defender a PL vai contra a maioria da população brasileira e todos os princípios defendido historicamente pelo Partido dos Trabalhadores em defesa do SUS".
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
A Justiça está realmente cuidando das crianças no centro de disputas familiares?
Cacique Raoni pede ao presidente dos EUA que ignore Jair Bolsonaro
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 16/04
Carta aberta pede quebra de patentes de vacinas de Covid-19
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco