Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Política

MINISTRA

Na Segov, Flávia Arruda diz que buscará "pontos de convergências" para avanços no país

Publicado em: 06/04/2021 14:47

Na Segov, Flávia Arruda diz que buscará "pontos de convergências" para avanços no país (Foto: Ed Alves/CB/D.A Press)
Na Segov, Flávia Arruda diz que buscará "pontos de convergências" para avanços no país (Foto: Ed Alves/CB/D.A Press)
Durante cerimônia de posse realizada no Palácio do Planalto nesta terça-feira (6/4), a nova Secretária de Governo, Flávia Arruda, afirmou que trabalhará na busca de "pontos de convergências que permitam avançar nas soluções para o país". A solenidade ocorreu a portas fechadas na Sala de Audiência do Palácio do Planalto.

Segundo a assessoria palaciana, Flávia agradeceu pela "enorme honra e responsabilidade em assumir o ministério encarregado das relações entre o Poder Executivo e o Poder Legislativo num momento tão crucial da história do país".

A ministra destacou ainda que “a hora é de diálogo, de compreensão, de solidariedade e de trabalho pelo Brasil”. Ela agora é a responsável pela articulação política do governo, substituindo o general Luiz Eduardo Ramos, que assumiu a Casa Civil com a saída do general Braga Netto.

Ainda assumiram as novas atividades os ministros da Casa Civil, Luiz Eduardo Ramos; do Ministério da Justiça e Segurança Pública, Anderson Gustavo Torres; do Ministério da Defesa, Walter Braga Netto; do Ministério das Relações Exteriores, Carlos Alberto França; e da Advocacia-Geral da União, André Mendonça.

Luiz Eduardo Ramos se disse "entusiasmado" com o que classificou de "novo desafio". O ministro Anderson Torres sublinhou que a Justiça e a Segurança Pública "são a espinha dorsal da paz e da tranquilidade da Nação, principalmente, quando se passa por uma crise sanitária mundial, como a que vivemos, e que impacta a economia e a qualidade de vida dos cidadãos". Segundo ele, "nesse momento, a força da Segurança Publica tem que se fazer presente, garantindo a todos um ir e vir sereno e pacífico".

Urgência na saúde
 
Walter Braga Netto ressaltou que a Defesa dará continuidade à missão prioritária de combate à Covid-19. Já o embaixador Carlos Alberto França destacou urgência na saúde, na economia e no desenvolvimento sustentável e a importância do diálogo na política externa.

Por fim, André Mendonça afirmou que a AGU é uma instituição essencial à Justiça e ao Brasil e que seus servidores "devem e estarão empenhados em garantir o desenvolvimento do país, a não criminalização da política e o respeito às instituições".

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
A Justiça está realmente cuidando das crianças no centro de disputas familiares?
Cacique Raoni pede ao presidente dos EUA que ignore Jair Bolsonaro
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 16/04
Carta aberta pede quebra de patentes de vacinas de Covid-19
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco