Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Política

Por enquanto, cada um do seu lado no Recife

Publicado em: 17/11/2020 09:00

Um segundo turno sem apoio dos ex-candidatos. É assim que devem, ao menos por ora, seguir as campanhas de João Campos (PSB) e Marília Arraes (PT) à Prefeitura do Recife. Após ficarem em silêncio no domingo, ontem Mendonça Filho (DEM) e o Coronel Feitosa (PSC) expressaram que não vão declarar apoio a nenhum dos dois. Além deles, a Delegada Patrícia (Podemos), que ficou em 4º lugar também informou que não vai apoiar nenhum candidato na corrida do segundo turno da capital pernambucana.

Para o cientista político Rodolfo Marques, além de um segundo turno bastante acirrado, os candidatos precisam buscar angariar os votos que foram destinados aos outros concorrentes. Segundo ele, a destinação desses votos deve ser crucial no resultado das eleições municipais. “Precisamos analisar as questões dos apoios. Os votos que foram destinados ao Mendonça Filho (DEM) não podem ser descartados. Neste segundo turno, tudo tende a ser mais complicado e difícil”, destacou Rodolfo.

Além do corpo a corpo, caso liberado pelo Tribunal Regional Eleitoral neste segundo turno, a disputa tende a ser guiada, cada vez mais, pela conexão que os candidatos possuem com seus eleitores via redes sociais. Vale ressaltar também que é preciso observar o destino dos votos dos candidatos Mendonça e da Delegada Patrícia. Rodolfo ressaltou ainda que “neste cenário, vamos ver e colocar, de certa forma, em ‘xeque’, a importância dos legados. Qual legado vai importar mais: o dos Campos ou dos Arraes?”.  “Esses votos não iriam, teoricamente, para nenhum dos dois candidatos que estão disputando o segundo turno, por isso vale observar para onde vão os votos”.  

Pedido

Na tentativa de garantir uma campanha de segundo turno sem aglomerações no Recife e “mantendo a civilidade”, o presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE), desembargador Frederico Neves, se reuniu, ontem, com os advogados responsáveis pelas campanhas de João Campos (Frente Popular do Recife), Leucio Lemos, e de Marilia Arraes (Recife Cidade da Gente), Walber Agra.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Resumo da semana: repercussão das eleições, gastos parlamentares e receio de novo lockdown
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 04/12
Entrevista com o governador Paulo Câmara
Um milhão de doses da CoronaVac chegam em São Paulo
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco