Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Política

Eleições

Cláudia Ribeiro (PSTU) propõe criação de conselhos populares para atender demandas da sociedade

Publicado em: 05/10/2020 20:17 | Atualizado em: 05/10/2020 20:32

 (PSTU/ Divulgação)
PSTU/ Divulgação
Dando continuidade às sabatinas realizadas pelo Diario de Pernambuco, a entrevistada desta segunda-feira (05) pelo jornalista Rhaldney Santos foi a candidata pelo PSTU, Cláudia Ribeiro. Iniciando com fortes críticas aos governos federal, estadual e municipal, Cláudia destacou os erros cometidos pelas gestões atuais no combate ao coronavírus e às desigualdades sociais, que são expressas em áreas como educação, moradia, saúde e segurança. Como solução para esses problemas, ela defende a criação de conselhos populares, onde as demandas sociais seriam articuladas entre gestores municipais e a sociedade.

Relembrando o episódio ocorrido em março em que o governo federal liberou R$ 1,2 trilhão aos bancos, Cláudia Ribeiro assevera que o sistema capitalista liberal vigente não oferece à população brasileira condições necessárias para o enfrentamento à Covid-19. Voltando-se para a realidade local, a candidata diz que os governos estadual e municipal seguem a mesma dinâmica que incentiva a disparidade entre ricos e pobres.

Para Cláudia Ribeiro, a pandemia também serviu para expor os déficits que circundam essas gestões, destacando o número insuficientes de creches para atender a população recifense e os deficits habitacionais e de saneamento, que põem em risco uma parcela significativa da população recifense.

Para as demandas referentes à segurança, a candidata acredita em uma dinâmica preventiva. "Se tiver emprego, trabalho, escola pública, renda mínima, a gente consegue combater a violência", afirmou. Além disso, Cláudia Ribeiro também apresentou propostas para a mobilidade, informando que é defensora da tarifa zero para estudantes e desempregados e a favor da estatização do transporte público. "Quem produz riqueza, decide sobre o que é prioridade", afirma ao se referir à importância da participação dos trabalhadores na construção da sociedade.

Para a candidata, a criação de conselhos populares seria o meio pelo qual a população poderia decidir integralmente sobre o orçamento da cidade. Quando questionada sobre como se daria a relação da Câmara dos Vereadores com os conselhos, a candidata informou que também estariam submetidos a essa divisão coletiva. "Os mandatos serão revogáveis. O vereador que for eleito pela comunidade e não se comprometer com ela, terá seu mandato revogado", ponderou.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Rhaldney Santos entrevista Celso Muniz (MDB)
Enem para todos com professor Fernandinho Beltrão #181 - Tiops de rins dos vertebrados
Rhaldney Santos entrevista Dr. Felipe Dubourcq, urologista
Polícia Federal vai usar drones para fiscalizar irregularidades nas eleições
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco