Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Política

#DiarioEntrevista

Gestão pública e desenvolvimento econômico de Olinda serão os pilares, diz Celso Muniz

Publicado em: 02/09/2020 16:05 | Atualizado em: 02/09/2020 16:06

Celso Muniz defendeu trazer características de gestão privada para a pública (Foto: Reprodução de vídeo)
Celso Muniz defendeu trazer características de gestão privada para a pública (Foto: Reprodução de vídeo)
O empresário Celso Muniz (MDB), pré-candidato à prefeitura de Olinda, foi entrevistado nesta quarta-feira (2) na Rádio Clube 720 AM. Ele é proprietário de grandes empreendimentos, como os shoppings Boa Vista, no Recife, e o Patteo Olinda, no bairro de Casa Caiada. Muniz justificou sua pré-candidatura, mesmo já sendo um nome já estabelecido no meio executivo.

“Nós temos que participar da vida política do país, da nossa cidade e estado. Se não o fizermos, não poderemos reclamar dos malfeitos. Você não consegue resolver sua vida e não tem como recuperar as dificuldades criadas por governos”, explicou o pré-candidato. Ele também afirmou que não vai prometer resolver os problemas de Olinda em quatro anos. “Quem promete não realiza”, disse.

Muniz explicou que, caso eleito, vai pautar sua administração nos pilares da gestão pública e desenvolvimento econômico. “A gestão pública, infelizmente, é sempre muito pesada. Ela não se comunica bem nem internamente, nem externamente. A gente quer trazer um pouco da gestão privada para dentro da gestão pública”, afirmou. O pré-candidato disse que pretende fortalecer a controladoria do município e criar um centro administrativo.

Para a saúde municipal, Celso Muniz disse que pretende informatizar todos os postos de saúde e classificou a medida como “simples de fazer”. “A ficha médica do prontuário do olindense precisa estar em todos os computadores para, se o cara vir hoje ou daqui a seis meses, o médico que está atendendo no futuro consultar o registro para saber o que aquela pessoa teve, o que foi investigado há seis meses atrás”, prometeu.

Celso Muniz também disse que, caso seja prefeito de Olinda, deverá notificar o Ministério Público, Governo do Estado e Compesa sobre a situação do saneamento na cidade. “Caso se resolva o problema de saneamento, muitas doenças desaparecerão. Vamos notificar todas para que seja repassado o cronograma de obras. Caso não seja respeitado, nós desfazemos a concessão”, afirmou o empresário.

Veja a entrevista completa
 
 
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Rhaldney Santos entrevista a radiologista Mirela Ávila
Rhaldney Santos entrevista o candidato à prefeitura do Recife Carlos de Andrade Lima (PSL)
Enem para todos com professor Fernandinho Beltrão #164 Atrópodos: a importância da quitina
Pernambuco investe R$ 47,2 milhões na agricultura familiar
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco