declaração PGR é para o governo como a dama em jogo de xadrez, compara Bolsonaro

Por: Agência Estado

Publicado em: 03/09/2019 11:09 Atualizado em:

Antonio Cruz/Agência Brasil
Antonio Cruz/Agência Brasil
O presidente Jair Bolsonaro voltou a destacar nesta terça-feira (3), a importância da Procuradoria-Geral da República (PGR) para o seu governo ao dizer que a função é como a peça da dama em um jogo de xadrez. "A dama é a PGR", disse o presidente em conversa com jornalistas nesta manhã. 

O mandato da procuradora-geral, Raquel Dodge, vai até o dia 17 de setembro. Bolsonaro ainda não decidiu quem irá substituí-la, nem descarta a possibilidade de reconduzir Dodge ao cargo.

"Vamos imaginar um jogo de xadrez no governo? Os peões seriam, em grande parte, os ministros. A gente vê que o (Sergio) Moro, da Justiça, é uma torre. O Paulo Guedes (Economia) é o cavalo. E a dama, seria quem? Qual autoridade seria a dama? Que pode ser um homem, obviamente", disse a jornalistas. Bolsonaro mesmo respondeu que o presidente é o rei e que "a dama é a PGR".

A dama, também conhecida como rainha, é a peça de maior valor relativo do xadrez. Ela pode ir para frente ou para trás, para direita ou para a esquerda, ou na diagonal, quantas casas quiser mas não pode pular nenhuma outra peça. O rei movimenta-se apenas uma casa em qualquer direção.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.