Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Opinião
Empreendedorismo e automação comercial

Sérgio Aroucha
Empresário, ex-presidente da Astur-PE

Publicado em: 19/05/2022 03:00 Atualizado em:

Atualmente, o empreendedorismo tem sido uma área muito abraçada pelos brasileiros. Fora o talento nato para negócios, contatos sociais, a criatividade e o “jogo de cintura”, acredito que são muitas as oportunidades que se abrem, seja do pequeno negócio a empresas maiores.

Com a pandemia e a perda dos empregos, esse cenário se ampliou significativamente. Apenas em 2020, ano mais crítico,  segundo dados do Portal do Empreendedor, no total, 3,36 milhões de novas empresas foram abertas naquele ano, somando um total recorde de 19,9 milhões de negócios em funcionamento no país.

Junto com isso vêm as novidades, os avanços tecnológicos e podemos destacar a automação, que torna os processos mais eficientes e rápidos.

A automação comercial, por exemplo, é uma alternativa que pode ser adotada pelas empresas, a fim de otimizar os processos manuais, obtendo uma maior eficiência. Vejo que através da automação a empresa pode reduzir gastos com mão de obra, especialmente muito cara no Brasil (fora as questões trabalhistas), e aumentar sua capacidade de se aprimorar, além de fazer um gerenciamento e controle internos eficientes.

Nesse aspecto, vale destacar o relacionamento com o cliente, fator primordial para a sobrevivência de um negócio. Para aumentar as vendas, todo negócio precisa dar atenção ao consumidor e essa atividade é facilitada pela automação comercial, pois ela permitirá ter o cliente na “palma da mão”, com dados importantes, além de gerenciar o envio de mensagens automáticas, premiar clientes fidelizados, bem como tomar outras ações para manter o consumidor na Casa.

Vemos, de forma crescente, em todo o país, supermercados, lojas de conveniência, entre outros pontos de comércio, sendo automatizados, modelo que tem atraído o empreendedor cada vez mais.

Uma nova era, novos costumes. Precisamos estar atentos aos apelos do mercado, às suas mudanças e abraçar este tempo tecnológico.

Planta gigante, prima da vitória-régia, é descoberta em Londres
Manhã na Clube: entrevistas com a deputada estadual Teresa Leitão (PT) e Juliana César
Última Volta: GP da Grã Bretanha de F1 2022
Quem é Júlio Lancellotti, o padre antissistema que dá esperança aos pobres
Grupo Diario de Pernambuco