Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Opinião
A segurança pública

Eriberto Medeiros
Presidente da ALEPE

Publicado em: 18/10/2021 03:00 Atualizado em: 16/10/2021 07:01

A grave crise sanitária obscureceu por um período o debate sobre o enfrentamento à criminalidade.  Contudo, a eficiência do sistema de segurança pública é tema recorrente. Pesquisas de opinião trazem, costumeiramente, a violência como um dos principais desafios do Brasil. A dinâmica da criminalidade brasileira é complexa, pois são várias peças que interagem produzindo mal-estar na sociedade e exigindo ações das instituições coercitivas.

Tráfico de drogas, milícias, feminicídio, roubo de carga e ataques a grupos minoritários são exemplos de peças que integram a dinâmica da criminalidade. As polícias representam o início do enfrentamento aos atos ilícitos. Em seguida, estão o Ministério Público e o Poder Judiciário. O Poder Legislativo também exerce o seu papel, pois tem condições de criar leis, sugerir ações das instituições e promover o debate sobre a violência.

Tenho como premissa fundamental no exercício do mandato parlamentar que os funcionários públicos devem ser sempre valorizados. Servidor satisfeito e respeitado significa instituições públicas eficazes. Como oriundo da Polícia Civil, sou testemunha da dedicação dos agentes da segurança pública de Pernambuco.

A profissão policial é desafiadora. O policial não tem hora para voltar à sua residência. O descanso, geralmente, é curto. O lazer esporádico. A sociedade exige ação imediata da polícia quando o ato de violência acontece. Mesmo diante de tantos desafios, o policial tem coragem, disposição e amor à profissão como as suas principais marcas. E um ponto fundamental: eles têm orgulho da atividade que exercem.

Defendi a inclusão dos profissionais da segurança pública como grupo prioritário para a vacinação contra a Covid-19. Apoiei a decisão do governador Paulo Câmara em convocar os concursados da Polícia Militar, da Polícia Civil, da Polícia Científica e do Corpo de Bombeiros. Esse ano, mais de 2 mil profissionais passaram a integrar as instituições policiais de Pernambuco. Com o apoio dos deputados estaduais, a aprovação do Projeto de Lei que garante a promoção de 470 sargentos foi viabilizado, onde tivemos, no Palácio do Campo das Princesas, um momento marcante de união e agradecimento ao governador pela sensibilidade.

Continuarei a lutar ativamente para a melhoria do sistema de segurança pública. A complexidade da dinâmica da violência exige atenção constante das instituições. A sociedade, clama, com razão, por mais proteção. E, claro, direito à vida. Os desafios da sociedade não devem ser relegados. Ao contrário. Precisam ser enfrentados com coragem e atitude.

Justiça por Beatriz: pais organizam peregrinação de 720 km para cobrar solução de assassinato
Pessoas que já tiveram covid podem adoecer novamente devido à ômicron
Reino Unido aprova mais um medicamento contra Covid-19
Manhã na Clube: entrevista com o deputado estadual Eriberto Medeiros (PP), presidente da Alepe
Grupo Diario de Pernambuco