Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Opinião
Sonho de cem anos dourados, nova era de se empenhar de mãos dadas (1)

Yan Yuqing
Cônsul Geral da China no Recife, escrito por ocasião do Dia Nacional da China

Publicado em: 28/09/2021 03:00 Atualizado em: 28/09/2021 06:15

Este ano marca o 72º aniversário da fundação da República Popular da China. Vendo o presente e relembrando o passado, o Partido Comunista Chinês (PCCh) uniu e liderou o povo chinês a se esforçar incessantemente para realizar o sonho chinês de prosperidade do país, revitalização da nação e felicidade do povo, e alcançou grandes conquistas que atraíram a atenção mundial. Olhando para o futuro, a China, o navio de sonhos que transporta 1,4 bilhão de pessoas, está se dirigindo para o mar ou para um espaço exterior mais vasto e glorioso.

Os 72 anos de construção socialista, Abertura e Reforma, e Nova Era do socialismo com características chinesas da Nova China. O PCCh estabeleceu a República Popular da China com um sistema socialista, trazendo independência ao povo perante o mundo. A política de Reforma e Abertura promoveu o desenvolvimento econômico e social e a modernização do país. A população saiu da pobreza para uma sociedade próspera e deu um grande salto no desenvolvimento. A Reforma e Abertura mudou totalmente o processo de desenvolvimento do país asiático.

No momento, o socialismo com características chinesas entrou na Nova Era. A China está baseada em um novo estágio de desenvolvimento, implementando o novo conceito de desenvolvimento de inovação, coordenação, economiaverde, abertura e compartilhamento, e construindo um novo padrão de desenvolvimento caraterizado pela dupla circulação, que tem o mercado interno como esteio e permite os mercados interno e externo se impulsionarem um ao outro. A nação chinesa está se esforçando para a meta do segundo centenário de construir um país socialista moderno.

Os 72 anos da Nova China de desenvolvimento rápido. Com os esforços do povo, a China se tornou a segunda maior economia do mundo. A indústria, manufatura e alta tecnologia se desenvolveram de forma abrangente. As redes ferroviárias de alta velocidade estão conectando todas as cidades e vilas do país. A Estação Espacial Tiangong e a missão Tianwen-1 a Marte representaram a realização de sonho milenar dos chineses.

Os sistemas de educação, saúde e previdência foram melhorados gradualmente e os padrões de vida das pessoas melhoraram ainda mais. A expectativa de vida média aumentou de 35 para 77 .O PIB per capita ultrapassou USD $ 10.000 por dois anos seguidos.

A China alcançou uma vitória abrangente na luta contra a pobreza extrema, realizando a meta de redução da pobreza da Agenda 2030 da ONU 10 anos antes do previsto e contribuindo para a causa da redução da pobreza mundial.

Diante da pandemia da Covid-19, o governo chinês insistiu na máxima “povo em primeiro lugar, vida em primeiro lugar”, unindo pessoas de todo o país para vencer a luta contra o vírus e se tornou um dos primeiros países do mundo a controlar a pandemia, salvaguardando efetivamente a vida e a saúde das pessoas, a retomada do trabalho e o crescimento econômico.

Baixas na equipe de Guedes
Trump anuncia planos para lançar nova rede social
Manhã na Clube: entrevistas com Teresa Leitão (PT), Fernandes Arteiro e José Teles
CPI da Pandemia recomenda indiciamento de Bolsonaro
Grupo Diario de Pernambuco