Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Opinião
Socialismo com caraterísticas chinesas na nova era (1)

Yan Yuqing
Cônsul-Geral da China no Recife

Publicado em: 10/06/2021 03:00 Atualizado em: 10/06/2021 05:46

2º Artigo da Série Comemorativa do Centenário do PCCh

O presidente da China, Xi Jinping, indicou no 19º Congresso Nacional do PCCh, que: “O socialismo com caraterísticas chinesas já entrou numa nova era.” Neste ano comemorativo do centenário do PCCh, a China declarou solenemente a vitória na erradicação da probreza extrema e concluiu a primeira meta secular que é a construção completa de uma sociedade moderadamente próspera, além de dar início à segunda meta centenária que é a construção de um grande país socialista moderno que seja próspero, forte, demorático, culturalmente avançado, harmonioso e belo. O mundo concentra atenção numa China dirigida pelo socialismo com caraterísticas chinesas na nova era.

O caminho socialista com caraterísticas chinesas acompanha a tendência da história. Desde 1840 que o povo chinêslutava para a salvação da pátria, tendo adotado a monarquia constitucional, capitalismo presidencialista e parlamentar, mas que resultaram no fracasso. A então China continuava miserável e separada, até que em 1921, com a fundação do PCCh, o povo se sentiu inspirado com uma esperança de revitalização da nação. O PCCh liderou o povo na Revolução da Nova Democracia, criando a República Popular da China, equivalendo a um salto gigantesco de um despotismo feudal existente por milhares anos para uma democracia popular. A revolução e construção socialista foram bem sucedidas, levando o país do declínio para o desenvolvimento. Graças à Reforma e Abertura, a China abriu um caminho socialista com caraterísticas chinesas e marcou um grande passo para a prosperidade.

As práticas chinesas utilizadas por cem anos são provas de que apenas o socialismo pode salvar a China, assim como apenas o socialismo com características chinesas é que promete a grande revitalização da nação.

A teoria socialista com características chinesas é a sua bússola. O PCCh tem mantido o marxismo como a teoria orientadora e tem insistido e praticado a concepção do mundo e a metodologia do materialismo dialético e do materialismo histórico. Na era de revolução e construção, o Pensamento de Mao Zedong orientou o povo na revolução de uma nova democracia, na guerra contra a Invasão Japonesa, na Guerra Civil e na construção socialista, contribuindo historicamente para a fundação e o desenvolvimento da nova China. Na época da Reforma e Abertura, a Teoria de Deng Xiaoping, o Pensamento Importante de “Três Representatividades” e a Perspectiva Científica sobre Desenvolvimento foram herdados e evoluíram conforme os tempos. Sob a orientação dessas teorias, a estrategia da reforma e abertura foi implementada cientificamente, impulsionando a economia chinesa a se desenvolver de forma contínua e coordenamente.

Ao entrar na nova era, o Pensamento de Xi Jinping sobre o socialismo com características chinesas segue a tradição de inovação, definindo um cronograma e trajetória das duas metas seculares e apresentando o 14º Plano Quinquenal e os Objetivos a Longo Prazo até 2035. Além disso, propõe iniciativas de construção da comunidade de futuro compartilhado para humanidade e de Cinturão e Rota, além de prometer ser defensor construtor e contribuinte das ordens internacionais.

Manhã na Clube: entrevistas com Marília Arraes, Marcella Salazar e Aurimar Borges Jr
Presidente da Argentina faz ataques xenofóbicos ao Brasil
Manhã na Clube: entrevistas com Tadeu Alencar e Túlio Rangel
Inflação tem maior alta para maio em 25 anos
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco