Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Opinião
Pernambuco e a retomada econômica

Tomé Franca
Secretário de Desenvolvimento Urbano e Habitação de Pernambuco

Publicado em: 23/06/2021 03:00 Atualizado em: 23/06/2021 06:09

Os números apresentados pela agência Condepe/Fidem neste mês de junho são animadores e nos imputam desafios. O Produto Interno Bruto (PIB) de Pernambuco no primeiro trimestre deste ano registrou um crescimento de 1,6% em relação ao mesmo período do ano passado, impactado pelo início da pandemia do novo coronavírus. O sensível aumento, além de estar acima da média nacional, mostra que o estado está se preparando com responsabilidade para a retomada dos setores produtivos.

Foram R$ 58 bilhões, em valores de mercado, agregados à nossa economia de janeiro a março deste ano. Um indicativo importante vem da agropecuária, responsável por um crescimento de 14,2% e que, como setor primário, contribui para que o estado ganhe musculatura na transformação e comércio de bens. Na indústria, os números da Condepe/Fidem apontam para uma tendência positiva: nos dois últimos trimestres de 2020 e no primeiro deste ano, a produção industrial vem apresentando um desempenho bem acima da média nacional. Destacamos a construção civil, atividade que gera um volume considerável de empregos, com um incremento de 7,9% no período de acordo com os dados da agência.

Os serviços, duramente afetados pelas normas sanitárias de enfrentamento ao novo coronavírus, ainda atingiram desempenho melhor que o registrado no Brasil: -0,4% em Pernambuco ante -0,8% na média nacional. Este é o maior desafio que temos pela frente, retomar o fôlego do setor sem colocar em risco a saúde e a vida da população enquanto atravessamos este momento difícil de pandemia. Confiamos que o avanço da vacinação é crucial para que, gradualmente, Pernambuco possa voltar a perceber avanços significativos na geração de empregos, no consumo das famílias e consequente melhoria da qualidade de vida.

Na Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação, estamos aplicando uma gestão austera e responsável para que ações estruturadoras a cargo do Governo de Pernambuco sejam retomadas com segurança. O Estado, por desempenhar papel investidor, tem total interesse na recuperação econômica e nossa intenção é buscá-la diante de qualquer oportunidade, sem esquecer que nossa prioridade é a vida dos pernambucanos.

Apesar dos protestos, começa a Olimpíada de Tóquio
Manhã na Clube: entrevista com o Presidente da Alepe, deputado Eriberto Medeiros (PP)
Em busca por vestígios de vida em Marte
Manhã na Clube: entrevista com Carlos Mariz (Associação Brasileira de Energia Nuclear)
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco