Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Opinião
Projetos anunciados e nunca concretizados (final)

João Alberto Martins Sobral
Jornalista

Publicado em: 26/02/2021 03:00 Atualizado em: 26/02/2021 08:15

Navegação no Capibaribe: O projeto foi lançado em 2012, como uma das prioridades para a Copa do Mundo de 2014 e tinha um orçamento de R$ 289 milhões, dentro do programa chamado Rios da Gente. Teria 11 quilômetros de extensão, entre o Shopping Tacaruna e a BR 101, nas imediações da Avenida Caxangá. Com cinco estações, deveria transportar 600 mil passageiros por dia. Até o modelo da embarcação foi apresentado: seriam 14, com capacidade para 86 pessoas. Obra, na qual já foram investidos R$ 81,5 milhões, está totalmente parada e os canteiros abandonados. Quando foi ministro das Cidades, Bruno Araújo sinalizou com o apoio do governo federal no projeto, o que acabou não acontecendo.

Four Seasons: A Reserva do Paiva incluía além do antigo Sheraton, que está fechado, outro hotel de luxo. Seria o Four Seasons, uma famosa cadeia cinco estrelas, que teria um campo de golfe, de 18 buracos, para atrair este segmento do turismo que é muito forte. As obras nunca foram ao menos iniciadas e agora a área vai receber um condomínio com 400 casas.

Na Tamarineira: O Hospital Ulysses Pernambucano, o segundo hospital psiquiátrico a ser instalado no Brasil, ocupa uma enorme área na Tamarineira. Mais de uma vez, surgiu a notícia de que empreendedores queriam usar a área para fazer um shopping center. Para compensar, iriam construir na área metropolitana, um novo hospital, com o dobro da atual capacidade e equipamentos moderníssimos. Surgiram vários protestos e nunca mais se falou no projeto.

Brasília Teimosa: Ideia era transformar a área de Brasília Teimosa num espaço vip, no estilo de Cancun, reunindo hotéis e condomínios de luxo, aproveitando sua bela localização. Com a vantagem de ter apenas uma entrada, que poderia garantir a segurança. O projeto incluía a transferência dos moradores para conjuntos habitacionais que seriam construídos no Pina. Depois, estes ganharam posse dos terrenos e o projeto desapareceu.

Arena do Sport: Com o surgimento do projeto da Arena Pernambuco, a diretoria do Sport anunciou a transformação do Estádio Aldemar da Costa Carvalho numa arena moderníssima, num projeto que incluía a construção de edifícios empresariais e residenciais, shopping center e até um hospital. Projeto tinha parceria com um investidor, que faliu e levou a ideia.

Novo aeroporto: Felizmente nunca mais se falou nisso, mas durante muitos anos havia a defesa de que o Aeroporto dos Guararapes deveria mudar de local, por ficar numa área residencial. Projeto era levá-lo para uma área em Goiana. Na época, conversei com o notável empresário da construção, Antônio Queiroz Galvão, que me disse que seria difícil, pois a construção de um aeroporto é caríssima e ainda havia a necessidade de fazer uma rodovia com quatro faixas entre o Recife e o local. Na época, havia apenas a BR-101 Norte, com faixa única.

Parque aquático: Em cima do sucesso do Beach Park, um grupo de importantes empresários pernambucanos projetou fazer um megaparque aquático em Barra de Jangada, nos mesmos moldes do equipamento do Ceará. Até a área foi anunciada, mas acabou não se realizando.

Shopping no Náutico: No período em que o Estádio dos Aflitos esteve fechado, com a parceria do clube com a Odebrecht, quando jogava na Arena Pernambuco, houve entendimentos para a venda do espaço para a construção de um shopping center com a bandeira Iguatemi, garantindo ao alvirrubro uma boa receita permanentemente. Projeto morreu cedo, depois da prefeitura sinalizar que a já congestionada Avenida Rosa e Silva não comportaria o tráfego provocado por um shopping.

Parque de tubarões: Numa ideia para transformar o limão numa limonada e diante da triste fama que o Recife teve (e que, infelizmente ainda tem) com os ataques de tubarões, um grupo pensou em construir um aquário em Piedade, com peixes e, claro, muitos tubarões e outros equipamentos, que poderia se transformar numa atração turística. Idêntico projeto apareceu em Fortaleza, parado há mais de 10 anos.

Metade da população adulta nos EUA já tomou ao menos uma dose de vacina contra Covid
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 19/04
A Justiça está realmente cuidando das crianças no centro de disputas familiares?
Resumo da semana: STF mantém anulações de sentenças contra Lula, mais jovens em UTIs e CPI da Covid
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco