Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Opinião
Editorial Vacinação, um ato pela vida

Publicado em: 29/02/2020 03:00 Atualizado em: 01/03/2020 10:59

O coranavírus, com sintomas semelhantes aos da gripe, não está mais do outro lado do mundo. Ele é realidade em um grande número de países da Europa e, há poucos dias, aportou no Brasil. Há um caso confirmado em São Paulo e 182 sob monitoramento. A ciência ainda não chegou à vacina para conter a epidemia, que eclodiu em Whuan, cidade da China, e vem se alastrando pelos continentes. Para evitar que a crise tome proporções imponderáveis, o Ministério da Saúde decidiu antecipar para 23 de março próximo a campanha de imunização contra influenza.

Embora a vacina antigripe não combata o Covid-19 (outra nomeclatura do coranavírus), ela previne o brasileiro de três vírus de influenza que circularam em anos anteriores. Segundo o Ministério da Saúde, serão distribuídas 75 milhões de doses, produzidas pelo Instituto Butantan, em todo o país. Ainda de acordo com o ministério, a campanha objetiva auxiliar os profissionais de saúde a descartarem influenza na triagem de casos para o coronavírus.

A acertada providência do governo não pode ser contaminada por falsas notícias (fake news) ou por atitudes negligentes dos brasileiros. Iniciada a campanha, as pessoas devem procurar os postos de imunização. A vacinação antigripe é fundamental para o público-alvo. Há, em todo o mundo, um grupo contrário a essa medida preventiva que protege crianças e adultos. Os contrários à imunização usam a internet e as redes sociais para difundir mentiras que precisam ser desconsideradas pela população. Em caso de dúvida, a melhor providência é consultar o site do Ministério da Saúde (www.saude.gov) para checar as mensagens que chegam pelas redes sociais, sejam nacionais, sejam estrangeiras. Não são só os brasileiros as vítimas de informações inverídicas.

O governo de São Paulo decidiu investir na contrainformação para conter a onda de falsas orientações sobre o Corvid-19. Investirá R$ 30 milhões, dos quais R$ 14 milhões serão destinados à elaboração de uma cartilha que será veiculada pela internet e impressa para distribuição à sociedade. O restante será aplicado no fortalecimento dos serviços de saúde. Buscar a vacinação não é só um ato de amor próprio, mas também de respeito à vida das demais pessoas. Hoje, sabe-se que uma pessoa com gripe pode, por meio de um espirro, infectar até 90% daqueles que estão ao seu redor. Sejamos, portanto, responsáveis em defesa da vida.

População lota as ruas de Cavaleiro, Jaboatão dos Guararapes
A pandemia em Pernambuco -  destaques de 1 º de abril
Filas e aglomeração nas agências bancárias
A pandemia em Pernambuco -  destaques de 31 de março
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco