Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Opinião
Construindo times vencedores

Janguiê Diniz
Fundador e presidente do conselho de administração do grupo Ser Educacional

Publicado em: 31/01/2020 03:00 Atualizado em: 31/01/2020 10:32

Um dos principais gargalos nas empresas hoje é a composição das equipes de trabalho. Times mal formados, com pessoas que não sabem ou não conseguem trabalhar juntas tendem a render menos e entregar resultados aquém do esperado. Saber compor um bom grupo e mantê-lo sempre motivado e coeso é essencial para o gestor.

Empresas geralmente são divididas em setores e, em cada um deles, há as equipes de trabalho. Dentro delas, os profissionais estão direta e diariamente lidando um com o outro, tomando decisões, repassando informações entre si, enfim, convivendo e mantendo relações profissionais. Se esse ambiente não for o mais confortável possível do ponto de vista humano, dificilmente o grupo terá bons resultados. Colaboradores que não se entendem são um grande problema para qualquer empresa. É papel do líder de time saber lidar com seus comandados e fazê-los entender a importância da cooperação e harmonia para o sucesso do setor.

Ademais, é importante que as equipes sejam diversas. A diversidade de talentos, visões de vida e de mundo, posicionamentos e competências é extremamente frutífera para qualquer grupo. Juntar pessoas com diferentes backgrounds de vida, experiências e formações que se complementem causa uma sinergia onde o resultado do trabalho será muito melhor.

Com um time diversificado, as ideias surgem mais facilmente e tendem a ser melhores, pois um profissional pode incrementar o proposto por outro com outro ponto de vista. Tudo isso agrega valor ao grupo e acaba beneficiando o empreendimento como um todo. Equipes compostas por vários talentos tendem a ser mais inovadoras.

A adoção de setores mais diversificados tem sido uma tendência em crescimento no mercado atual, principalmente nas empresa que realmente se preocupam em ter os melhores resultados e promover melhores ambientes para seus colaboradores. Todos saem ganhando: os profissionais, que podem aprender mais com seus colegas com outras visões de mundo e de trabalho, e a companhia, que obtém entregas mais robustas e inovadoras. É tempo de pensar fora da caixa, e se todos estiverem, juntos, fora dela, a vitória é certa.

Mais lidas

mais lidas

Barrados na quarentena   o drama de quem não pode ficar em casa durante a pandemia
Resumo da semana: amor na pandemia, confinamento rastreado e mortes por Covid-19 em Pernambuco
Coronavírus: Como fica a distribuição de merendas na rede municipal do Recife
#FicaemcasacomODiario: Igor de Carvalho
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco