Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Mundo

PANDEMIA

EUA enviarão mais de 8 milhões de vacinas a Filipinas e Bangladesh

Por: AFP

Publicado em: 01/10/2021 22:01

 (Foto: JUSTIN SULLIVAN / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / Getty Images via AFP
)
Foto: JUSTIN SULLIVAN / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / Getty Images via AFP
Os Estados Unidos anunciaram nesta sexta-feira que preparam o envio de mais de 8 milhões de doses de vacina contra a Covid-19 a Filipinas e Bangladesh, na mais recente entrega de ajuda a um mundo que luta para controlar a pandemia.

Cinco remessas, totalizando 5.575.050 doses, irão para as Filipinas na próxima semana, informou à AFP um funcionário da Casa Branca, que não quis ser identificado. Outras 2.508.480 doses chegarão a Bangladesh no começo da próxima semana, indicou.

As vacinas, todas do laboratório Pfizer-BioNTech, serão doadas por meio do programa Covax, conduzido pela Organização Mundial de Saúde. O governo "entende que acabar com esta pandemia exige eliminá-la em todo o mundo", disse o funcionário, observando que as doações dos EUA representam "a maior compra e doação de vacinas feita por um único país".

Bangladesh, duramente atingido pela pandemia, já recebeu milhões de doses de vacinas americanas, incluindo 2,5 milhões enviadas na semana passada. De acordo com o banco de dados da AFP, cerca de 10% da população daquele país, de cerca de 170 milhões de habitantes, foi totalmente imunizada.

As Filipinas registraram mais de 2,5 milhões de infectados, incluindo mais de 38.000 mortos. Pouco mais de um quarto da população adulta foi totalmente imunizada. Funcionários alertam que a economia do país pode levar mais de uma década para se recuperar do impacto da pandemia, que deixou milhões de pessoas sem trabalho.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Baixas na equipe de Guedes
Trump anuncia planos para lançar nova rede social
Manhã na Clube: entrevistas com Teresa Leitão (PT), Fernandes Arteiro e José Teles
CPI da Pandemia recomenda indiciamento de Bolsonaro
Grupo Diario de Pernambuco