Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Mundo

REINO UNIDO

Com falta de dinheiro para o dentista, britânica extrai 11 dentes em casa

Publicado em: 08/10/2021 18:30

 (Foto: Arquivo pessoal - Repordução / page not foud)
Foto: Arquivo pessoal - Repordução / page not foud
Aos 42 anos, a britânica Danielle Watts, de Suffolk, arrancou 11 dentes sozinha sem casa. Há pouco mais de 6 anos, Danielle começou a sentir os dentes ficar moles e procurou um dentista pelo sistema de saúde pública, o NHS, mas devido às grandes filas não conseguiu acesso.

Os anos foram passando e, com a pandemia de covid-19, os exames ficaram ainda mais escassos. Sem dinheiro para um tratamento particular e a dores piorando, Danielle não viu outra opção, a não ser extrair ela mesma.

Em uma entrevista ao jornal Extra, Danielle explicou que não tem nenhuma habilidade odontológica, que fez tudo no improviso pela necessidade. Questionada sobre qual era o problema dos dentes, Watts contou que se tratava de uma doença nas gengivas e que os dentes em si não estavam deteriorados.

Danielle extraiu os dentes com um alicate e disse que o processo foi simples devido ao fato deles já estarem praticamente soltos. Os dentes que restam também não estão em boas condições, e provavelmente também serão extraídos.

Agora ela precisa de uma dentadura, e disse que vai esperar a ajuda do NHS já que não tem condição financeira de arcar com o custo.

A doença que Danielle tem é a periodontal, que é caracterizada pela inflamação e destruição das gengivas e do osso que liga os dentes. Um dentista explicou para o Extra que com essa perda óssea os dentes estavam presos só pela gengiva, assim como são os de leite, por isso a extração foi possível em casa.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Baixas na equipe de Guedes
Trump anuncia planos para lançar nova rede social
Manhã na Clube: entrevistas com Teresa Leitão (PT), Fernandes Arteiro e José Teles
CPI da Pandemia recomenda indiciamento de Bolsonaro
Grupo Diario de Pernambuco