Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Mundo

IMUNIZAÇÃO

Bayer e CureVac unem esforços para desenvolver vacina anticovid

Por: AFP

Publicado em: 07/01/2021 09:25

 (Foto: AFP / THOMAS KIENZLE)
Foto: AFP / THOMAS KIENZLE
A gigante do setor químico e farmacêutico Bayer anunciou, nesta quinta-feira (7), sua colaboração com o laboratório alemão Curevac para apoiá-lo no desenvolvimento de sua vacina contra a Covid-19, atualmente na fase final dos testes clínicos.

As duas empresas "celebram um acordo de colaboração e serviços (...) para apoiar a CureVac em muitas áreas", incluindo a produção e a comercialização de uma vacina de RNA mensageiro "para facilitar o fornecimento de várias centenas de milhões de doses", afirmou a Bayer em um comunicado.

Com sede em Tübingen, no oeste da Alemanha, a CureVac espera trazer a vacina contra a Covid-19 ao mercado ainda este ano. Em dezembro, a empresa anunciou o lançamento da terceira e última fase de ensaios clínicos.

A Comissão Europeia já assinou um contrato com esta empresa especializada em RNA mensageiro para a compra de 405 milhões de doses.

"A Bayer trará sua experiência e sua infraestrutura estabelecida em áreas como operações clínicas, questões regulatórias, farmacovigilância, informação médica, desempenho da cadeia de abastecimento", disseram as duas empresas no comunicado.

A vacina candidata do CureVac pode permanecer estável por pelo menos três meses na temperatura da geladeira, de acordo com o presidente da empresa, Franz-Werner Haas, enquanto a da Pfizer/BioNTech deve ser armazenada a -70ºC, e a Moderna, a -20ºC.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
De 1 a 5: como as mudanças no WhatsApp afetam sua privacidade
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 25/01
Enem 2020: professores do Colégio Núcleo comentam ao vivo as provas deste domingo
Verão inspira cuidados com a saúde e alimentação
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco