Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Mundo

CONFLITO

Ativistas denunciam 23 mortos em operação policial em Caracas

Por: AFP

Publicado em: 11/01/2021 11:06

 (Foto: LOIC VENANCE / AFP)
Foto: LOIC VENANCE / AFP
Uma operação policial realizada no fim de semana em um enorme bairro popular de Caracas deixou pelo menos 23 mortes - denunciaram ativistas de direitos humanos.

"Extraoficialmente, chega a 23 o número de mortos" entre sexta e sábado, durante uma incursão das temidas Forças de Ações Especiais da Polícia Nacional (FAES) em La Vega, no oeste da capital venezuelana, tuitou ontem o diretor da ONG defensora dos direitos humanos PROVEA, Marino Alvarado.

Segundo Alvarado, o balanço foi feito com base em vazamentos policiais, depoimentos de familiares dos mortos e publicações na imprensa local.

As autoridades não divulgaram um boletim oficial sobre os acontecimentos, descritos como um "massacre" por Alvarado.

O jornal pró-governo Últimas Noticias também noticiou 23 mortes. Sem dar mais informações, o chefe da FAES, Miguel Domínguez, publicou nas redes sociais vídeos feitos em La Vega. Neles, vê-se agentes caminhando encapuzados e armados.

A Venezuela registrou 12.000 mortes em atos violentos em 2020, segundo a ONG Observatorio Venezolano de Violencia (OVV). Isso representa uma taxa de 45,6 a cada 100.000 habitantes, sete vezes maior do que a média mundial.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Enem em plena pandemia vira desafio em dobro para estudantes
Enem para todos com o Fernandinho Beltrão #369 #370 Isolamento geografico, reprodutivo e genético
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 15/01
Amazonas anuncia toque de recolher
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco