Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Mundo

SAÚDE

OMS estuda se há ligação entre Covid-19 e a doença de Kawasaki em crianças

Por: AFP

Publicado em: 15/05/2020 16:30 | Atualizado em: 15/05/2020 16:40

 (Foto: AFP / Fabrice COFFRINI)
Foto: AFP / Fabrice COFFRINI
A OMS informou nesta sexta-feira (15) que estuda uma possível ligação entre a Covid-19 e a doença de Kawasaki, uma síndrome inflamatória que tem afetado algumas crianças pelo mundo.

"As hipóteses iniciais indicam que essa síndrome pode estar ligada à Covid-19 (...). Apelamos a todos os médicos em todo o mundo para que trabalhem com suas autoridades nacionais e com a OMS para estarem alertas e entenderem melhor essa síndrome em crianças", declarou o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, em uma coletiva de imprensa virtual em Genebra.

"É crucial caracterizar essa síndrome clínica com precisão e urgência, para entender sua causalidade e descrever protocolos de tratamento", acrescentou.

A OMS e sua rede global de médicos desenvolveram uma definição preliminar e disponibilizaram aos médicos um formulário de notificação para qualquer caso suspeito de Síndrome de Resposta Inflamatória Sistêmica (SRIS). 

Os casos da doença registrados em todo o mundo são raros e o papel do novo coronavírus no desenvolvimento da infecção permanece desconhecido, ressaltou Michael Ryan, chefe dos programas de emergência da OMS.

"Não sabemos se é o vírus que ataca as células ou se é uma resposta imune excessiva" que causa a inflamação, como é o caso da febre ebola, explicou.

A doença tem intrigado as autoridades de saúde de vários países há duas semanas, enquanto que as crianças são pouco afetadas por formas graves da Covid-19.

Após um primeiro alerta no Reino Unido no final de abril, casos semelhantes foram relatados em Nova York, Itália e Espanha. As mortes são extremamente raras, com uma criança de cinco anos falecida em Nova York e um adolescente de 14 anos em Londres.

Um primeiro caso fatal foi notificado nesta sexta-feira na França. Um menino de nove anos morreu em Marselha (sul) em 8 de maio de lesões cerebrais decorrentes de um ataque cardíaco, segundo informou à AFP o professor Fabrice Michel, chefe do serviço de ressuscitação pediátrica do hospital La Timone. 

Testes sorológicos mostraram que essa criança "havia entrado em contato" com o coronavírus, mas não havia desenvolvido sintomas da Covid-19. 

Os sintomas da síndrome inflamatória são febre alta, dor abdominal e distúrbios digestivos, erupção cutânea, conjuntivite e a língua que fica vermelha, incha e ganha a aparência de uma framboesa. 

Tais sintomas são próximos aos da doença de Kawasaki, que afeta crianças e causa uma inflamação dos vasos sanguíneos.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Irmão de George Floyd pede à população: votem!
Polícia Federal apreende drogas enviadas por encomenda
02/06: Manhã na Clube com Rhaldney Santos
01/06: Manhã na Clube com Rhaldney Santos
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco