Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Mundo

denúncia

Promotoria espanhola pede oito anos de prisão para sargento da FAB que transportava cocaína

Publicado em: 17/10/2019 09:17

Reprodução/Internet
A promotoria da Espanha pediu que o militar brasileira Manoel Silva Rodrigues seja condenado a oito anos de prisão. Rodrigues entrou no país com 37 pacotes de cocaína que somavam 37 kgs, durante uma viagem realizada pela comitiva presidencial para o encontro do G-20, ocorrido no Japão em junho deste ano. 

A solicitação da promotoria é de que, além de cumprir os oito anos de prisão, Rodrigues também pague uma multa de 4 milhões de euros, o que é equivalente a mais de R$ 18 milhões. 

O sargento da Aeronáutica foi preso em Sevilha no dia 25 de junho com a cocaína na bagagem quando um raio-x detectou a presença de material orgânico na mala do militar. Ao ser questionado, Rodrigues afirmou que estava levando queijo para uma prima que morava na Espanha. O incidente levou a comitiva a transferir a escala do avião onde estava o presidente Bolsonaro de Sevilha para Lisboa. A Aeronáutica e as autoridades espanholas instauraram inquérito para investigar o caso. 
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Curados da Covid-19 ressaltam importância do isolamento
A pandemia em Pernambuco - notícias de 25/05
Jogos Inesquecíveis: Empate heroico, pênaltis e invasão marcaram acesso do Náutico em 2019
De 1 a 5: dicas para se organizar melhor durante a quarentena
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco