holanda Polícia prende homem e pássaro por suspeita de assaltos

Por: Rafael Carelli - Uai

Publicado em: 01/10/2019 13:35 Atualizado em: 01/10/2019 13:39

Foto: RTV Utrecht
Foto: RTV Utrecht
A polícia de Utrech, na Holanda, prendeu um suspeito de assaltos a lojas da cidade na última sexta-feira (27). No momento da prisão, no entanto, um pássaro pousou sobre o ombro do homem. A polícia não soube o que fazer com o animal, pois não havia gaiola ou local seguro para deixá-lo e, então, levou a ave para a prisão junto com o dono.

A rede de televisão local, RTV Utrecht, noticiou a prisão do suspeito e sua ave, mas com um detalhe curioso. Na foto, que mostra o pássaro na cela, com pães e água, o veículo tomou o cuidado de utilizar uma tarja preta para omitir a identidade do "suspeito". 

No Instagram, a polícia de Utrecht deu detalhes da prisão dos 'suspeitos'. Segundo a corporação, o dono concordou em ficar na mesma cela que seu pássaro e a "ave não passou por interrogatório". A polícia declarou ainda que o pássaro "não é acusado ou suspeito de nenhum dos crimes".

Ver essa foto no Instagram

Update!!!! Hi, this bird sat on the shoulder of a thief we arrested for shoplifting. As we don 't have a birdcage, this bird had no other place to stay than in the cell. His owner agreed to this. When the owner was released shortly after, the bird accompanied him. The bird has not been questioned and is as far as we know not guilty of any charges %uD83D%uDE01%uD83D%uDC6E%u200D%u2642%uFE0F . . Onlangs hebben wij een verdachte aangehouden voor een winkeldiefstal. Tijdens de aanhouding vonden wij een stiekeme getuige met veren en snavel op de schouder van de verdachte. Tijdens de insluiting op ons bureau kwamen wij er tot onze schrik achter dat wij niet in het bezit zijn van een vogelcel of kooi.... Na goed overleg met de verdachte hebben wij ze samen ingesloten%uD83D%uDC26... *en uiteraard goed verzorgd! #puc #dieren #bird #politieutrechtcentrum #politie #utrecht #jailbird

Uma publicação compartilhada por Politie Utrecht Centrum (@politieutrechtcentrum) em



O pássaro, da espécie agapornis, também conhecido como pássaro-do-amor, teve fatias de pão e água à disposição na cela, como pode ser visto na foto divulgada pela polícia de Utrecht. O suspeito e seu companheiro acabaram liberados no mesmo dia. 

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.