França Ativistas colam cartazes nas ruas de Paris para denunciar feminicídios

Por: AFP - Agence France-Presse

Publicado em: 07/09/2019 15:10 Atualizado em:

Cartazes nas ruas de Paris denunciam feminicídios - Lionel Bonaventure/AFP
Cartazes nas ruas de Paris denunciam feminicídios - Lionel Bonaventure/AFP
Grandes cartazes, com letras pretas em fundo branco, começaram a cobrir os muros de vários bairros de Paris em meio a uma campanha governamental para denunciar a violência contra as mulheres e homenagear as vítimas. Na noite dessa sexta-feira (6), dezenas de mulheres foram às ruas da capital francesa para colar os cartazes.

As ativistas escolheram lugares simbólicos, próximos à Assembleia Nacional, ao Senado, ao gabinete do primeiro-ministro e ao bairro de negócios de La Défense.

Em 2018, o ministério do Interior registrou 121 feminicídios na França. Neste ano, já foram registrados 100, segundo o cálculo de associações.

Ações semelhantes começaram a surgir em outras partes da França, como em Bordeaux (sudoeste) ou Lyon (leste).

Na terça-feira (3), após o início de uma grande consulta pública sobre o tema da violência doméstica, o governo francês anunciou as primeiras medidas para tentar impedir o problema, como poder registrar queixas no hospital ou com “advogados especializados”


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.