Manifestação Lutadora de MMA protesta pela Amazônia durante pesagem de evento

Por: Correio Braziliense

Publicado em: 23/08/2019 21:46 Atualizado em:

Foto: Reprodução/Instagram (Foto: Reprodução/Instagram)
Foto: Reprodução/Instagram
A lutadora colombiana Alejandra Azul Lara usou o protocolo de pesagem do Bellator 225, evento de MMA, para protestar contra os incêndios que consomem a Amazônia há vários dias.

A atleta compareceu à pesagem do evento com o rosto pintado em alusão aos povos indígenas e com mensagens como "parem o desmatamento", "SOS Amazônia", "respeitem os animais", "respeitem a natureza" e "nossos pulmões estão em chamas" escritas em seu corpo. Alejandra ainda usou adereços verdes nos pulsos e no cabelo para representar a floresta.




A colombiana também se manifestou em seu perfil no Instagram. "Temos que nos tornar conscientes de quão séria é nossa situação e mudar para ter um futuro para as crianças. Estou pronta para lutar com tudo, para representar meu país, meu continente... meu planeta", escreveu Alejandra na legenda da publicação.

Ver essa foto no Instagram

No sólo es por lo que está pasando, no sólo es por Brasil... llevo la atención a la selva porque la necesita, porque de verdad es el momento de hacer algo por nuestro futuro, de pensar que sólo tenemos una tierra que está gravemente enferma y tenemos gobiernos que no quieren hacer nada al respecto. Tenemos que hacernos conscientes de lo grave que es nuestra situación y cambiar desde lo personal para tener algún futuro para los niños. Estoy lista para pelear con todo, para representar a mi país, a mi continente... a mi planeta %uD83C%uDF0E%uD83D%uDC4A%uD83C%uDFFC #fighter #mmagirl #weightin #activist #consciousness #youcanmakeachange #plantatree #stopusingplastic #eatlessmeat #respectanimals #rideabike #renewableenergy #sosamazonia #globalwarming

Uma publicação compartilhada por Alejandra Lara %uD83D%uDC99 Azul (@alejazulara) em


Alejandra enfrenta a norte-americana Taylor Turner neste sábado (24) no Bellator 225.



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.