Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Economia

INFLAÇÃO

Mercado financeiro aumenta pela 15ª vez projeção para inflação em 2022

Publicado em: 26/04/2022 11:11 | Atualizado em: 26/04/2022 11:56

 (Foto: Divulgação / Pixabay)
Foto: Divulgação / Pixabay
O mercado financeiro aumentou pela 15ª semana seguida a previsão de inflação de 2022. De acordo com projeção do Boletim Focus, divulgada hoje (26) pelo Banco Central, o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) deve fechar o ano com alta de 7,65%. Há uma semana, a projeção para o índice estava em 7,46%, e há quatro semanas, em 6,86%. 

O Boletim Focus reúne a projeção de cerca de 100 instituições do mercado para os principais indicadores econômicos do país. É publicado semanalmente. Para 2023, o mercado mantém, também, a expectativa de alta da inflação. A projeção da variação do IPCA passou dos 3,91% projetados há uma semana, para 4%, conforme o boletim publicado hoje pela autoridade monetária. Há quatro semanas, a projeção estava em 3,80% para a inflação do próximo ano.

Alta também para a previsão inflacionária de 2024. De acordo com o mercado financeiro, a inflação ficará em 3,20%, ante aos 3,16% projetados na semana passada. Há quatro semanas, a previsão era de que 2024 terá uma inflação de 3,20%. Para 2025, a projeção se mantém estável há 41 semanas, em 3%. 
 
 
PIB
 
O Boletim Focus desta semana aumentou a projeção do Produto Interno Bruto (PIB, soma dos bens e dos serviços produzidos no país) de 0,56% (previsão há uma semana) para 0,65%. Há quatro semanas, a previsão era de um PIB de 0,50%.

Para 2023, a previsão é de crescimento de 1% no PIB. Há uma semana, o percentual estava em 1,12%; e há quatro semanas, em 1,30%. Já para 2024 e 2025, a previsão se manteve estável em 2%.
 
 
Taxa de juros
 
O mercado financeiro prevê aumento da taxa básica de juros (Selic) para 2022. Há quatro semanas, a previsão era de 13%, passando para 13,05% ao ano, há uma semana. No boletim divulgado hoje, a previsão é de que a taxa feche o ano em 13,25% ao ano.

Para 2023, a expectativa se mantém estável em 9% ao ano. Também há previsão de estabilidade da taxa em 2024 (7,50% ao ano) e em 2025 (7% ao ano). 
 
 
Dólar
 
A estimativa para a cotação do dólar apresentou queda pela quinta semana consecutiva, com a previsão que feche 2022 a R$ 5, ante aos R$ 5,10 previstos há uma semana e aos R ,25 previstos há quatro semanas.

De acordo com o Focus, o dólar fechará 2023 cotado a R$ 5. Há uma semana, a previsão era de que a moeda norte-americana fecharia o ano com uma cotação de R$ 5,15. Há quatro semanas, a expectativa era de que a moeda apresentaria a cotação de R$ 5,20. 

Há expectativa de queda também para os anos de 2024 e 2025. A projeção para 2024 é que a moeda feche o ano em R$ 5,05. Há uma semana, o mercado trabalhava com a expectativa de que o dólar fechasse 2024 custando R$ 5,15; e há quatro semanas, a cotação projetada estava em R ,20.

Para 2025, a expectativa, estável há quatro semanas em R$ 5,20, caiu para R,10, segundo o boletim mais recente.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
WIDGET PACK - Sistema de comentários
Manhã na Clube: entrevista com a dra. Tamara Cristina, endocrinologista
Refugiados ucranianos no Brasil: mais de 10 mil quilômetros longe de casa
Manhã na Clube: entrevista com Miguel Coelho
Manhã na Clube: entrevista com dr. Antônio Manuel de Almeida Dias, presidente da CESPU Europa
Grupo Diario de Pernambuco