Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Economia

DISCREPÂNCIA

Renda de servidor cresce quase três vezes mais que a de trabalhador privado

Publicado em: 06/04/2021 16:53

 (Período analisado pela consultoria IDados, com base em número da Pnad Contínua, é de 2012 a 2020. Foto: Rafael Neddermeyer/Fotos Públicas)
Período analisado pela consultoria IDados, com base em número da Pnad Contínua, é de 2012 a 2020. Foto: Rafael Neddermeyer/Fotos Públicas
Entre 2012 e 2020, o rendimento do servidor público com carteira assinada cresceu 20,4%, enquanto que para o trabalhador do setor privado o crescimento foi de 7,1%, valor quase três vezes menor. Entre os militares e servidores estatutários (concurso público), o crescimento no período foi de 13,1%.

Os dados são da consultoria IDados, com base em números da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) Contínua, observando toda a série histórica disponível — entre o primeiro trimestre de 2012 até o quatro trimestre de 2020. Pesquisador da consultoria, Bruno Ottoni aponta que desde o início da série histórica é possível identificar uma vantagem explícita no setor público.

No primeiro trimestre de 2012, a renda real no setor público já era 56,9% maior que a do setor privado, quando o salário médio mensal habitual na área era de R$ 2.190 enquanto no setor público era R$ 3.437. Já os últimos dados analisados, do quarto trimestre do ano passado, mostram que essa diferença subiu para 76,4%. A diferença entre a renda do trabalhador privado e do militar e estatuário, no ano passado, é ainda maior, de 91,1%.

Assim, para Ottoni, o que se percebe é que não apenas a renda real habitual média do setor público é muito maior que a do privado, mas que a diferença vem aumentando. “Isso provavelmente se deve a características do setor público, como correção monetária e ajustes automáticos dos salários, progressão de carreira garantida e maior estabilidade, que não são tão frequentes no setor privado”, disse, conforme texto enviado por sua assessoria.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 19/04
A Justiça está realmente cuidando das crianças no centro de disputas familiares?
Resumo da semana: STF mantém anulações de sentenças contra Lula, mais jovens em UTIs e CPI da Covid
Cacique Raoni pede ao presidente dos EUA que ignore Jair Bolsonaro
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco