Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Economia

EXECUTIVO

'Paulo Guedes é uma âncora para o nosso governo', diz Bolsonaro

Publicado em: 24/02/2021 21:10

 (Foto: SERGIO LIMA/AFP)
Foto: SERGIO LIMA/AFP
O presidente Jair Bolsonaro voltou a fazer elogios ao ministro da Economia, Paulo Guedes, nesta quarta-feira (24). O chefe do Executivo afirmou que o %u201CPosto Ipiranga%u201D é uma âncora para o governo e que, sim, %u201Cpossui coração%u201D. A declaração ocorreu no Palácio do Planalto, durante a posse de Onyx Lorenzoni como novo ministro da Secretária-Geral da Presidência da República e de João Roma como ministro da Cidadania. Na mesma solenidade, ocorreu a sanção da Lei da Independência do Banco Central.

%u201CO nosso ministro da Economia tem coração, pode ter certeza disso. Me permite, Paulo Guedes, falar um pouco de economia. A gente diz que não sabe, não entende, mas eu acho que pelo menos as quatro operações a gente faz. Assim eu sou perto do Paulo Guedes. Não ouso falar em integral ou qualquer outra equação matemática, mas o Paulo Guedes é uma âncora para o nosso governo%u201D, apontou.

O mandatário alegou ainda que Guedes precisa demonstrar ao mercado que possui responsabilidade fiscal e que seu governo está em regime de quase %u201Causteridade absoluta%u201D. %u201CLogicamente, passamos de governos que gastavam muito, que não tinham muita responsabilidade com o seu dinheiro e nós passamos para quase uma austeridade absoluta. Logicamente que, aos poucos, nós vamos nos adequando. Nós precisamos um do outro. Ele precisa demonstrar para o mercado e para a população que tem responsabilidade fiscal%u201D, concluiu.

Ontem, na tentativa de acalmar o mercado financeiro após intervenção na Petrobras, o presidente Jair Bolsonaro fez afagos a Guedes e disse que ele é um dos homens mais importantes nas lutas do governo federal. O chefe do Executivo relatou ainda que, por ser o cuidador das finanças, Guedes %u2018tem amigos e opositores, mas a todos tratou com muita galhardia%u2019. O ministro não concede entrevistas à imprensa desde o anúncio da troca da presidência da Petrobras.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Em Cúpula do Clima, Bolsonaro promete neutralidade de carbono até 2050
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 22/04
Após polêmicas, Superliga Europeia é suspensa
Família Floyd volta a respirar: policial é condenado pela morte de homem negro
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco