Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Brasil

MINAS GERAIS

Após matar companheira, homem pagará R$ 100 mil de danos morais ao filho

Publicado em: 17/06/2022 16:07

 (crédito: Geomárcio Silva)
crédito: Geomárcio Silva
Um homem de 23 anos foi condenado, nesta segunda-feira (13), a 27 anos de prisão por ter matado a companheira na frente do filho do casal, atualmente com 3 anos. O crime aconteceu em Porteirinha, no norte de Minas Gerais, em 29 de julho de 2021. 

De acordo com a condenação do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), o homem matou a mulher por ciúmes. A pena dele teve a agravante de feminicídio e do crime ter sido cometido na frente de uma criança. Além da prisão, o autor do crime foi condenado a pagar R$ 100 mil por dano moral ao filho.

O homem foi preso em flagrante logo após o assassinato e confessou o crime. Na versão do homem, existia a suspeita de que a companheira estivesse o traindo. Por isso, ele aplicou nela um golpe conhecido como mata-leão, causando a morte por enforcamento.

O homem deixou o corpo ao lado da criança e fugiu.

O juiz Rodrigo Di Gioia Colosimo ainda declarou a “incapacidade do réu para o exercício do poder familiar” em relação ao filho. O homem ainda pode recorrer da decisão.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
WIDGET PACK - Sistema de comentários
Planta gigante, prima da vitória-régia, é descoberta em Londres
Manhã na Clube: entrevistas com a deputada estadual Teresa Leitão (PT) e Juliana César
Última Volta: GP da Grã Bretanha de F1 2022
Quem é Júlio Lancellotti, o padre antissistema que dá esperança aos pobres
Grupo Diario de Pernambuco