Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Brasil

Suzane von Richthofen deixa presídio para primeiro dia de aula na faculdade

Publicado em: 30/09/2021 14:50 | Atualizado em: 30/09/2021 15:04

 (Foto: Reprodução)
Foto: Reprodução

Suzane von Richthofen, condenada a 39 anos de prisão por planejar o assassinato dos pais em 2002, começou sua graduação presencial em biomedicina na instituição Anhanguera, na cidade Taubaté, em São Paulo.

 

Nesta quarta-feira (29), ela deixou a Penitenciária Feminina de Tremembé e chegou no campus da faculdade em um carro de aplicativo, vestindo uma camisa florida e portando uma tornozeleira eletrônica. Atualmente, Suzane está no regime semiaberto, o que permite que ela saia do presídio para estudar ou trabalhar. De acordo com a Secretária de Administração da Penitenciária, a matrícula foi aprovada pelo Tribunal de Justiça de São Paulo, que autoriza que ela deixe a unidade a partir das 17h e retorne às 23h55. A Penitenciária será responsável pela monitoração através da tornozeleira e das medidas de prevenção contra a Covid-19. 

 

Presa desde 2004, ela obteve o benefício do semiaberto em 2015 e desde então faz saídas temporárias em datas comemorativas. Suzane já havia tentado iniciar uma graduação diversas vezes. Em 2016, ela tentou uma faculdade particular, mas por medo do assédio fora do local, fez um pedido para cursar dentro do presídio, que foi negado. Em 2017, foi aprovada pelo Fies para cursar administração, mas acabou não concluindo a matrícula. No ano passado, conseguiu uma vaga no curso de Gestão de Turismo através do ENEM, mas não foi autorizada pela Justiça a deixar o presídio.

 

Porém, no dia 10 de setembro de 2021, Suzane conseguiu uma autorização por meio de uma decisão liminar de efeito imediato assinada pelo desembargador José Damião Pinheiro Machado Cogan. Na sentença, ele defendeu: "Se o que a lei almeja é a reintegração social não há razão para que a mesma fique sem frequentar a faculdade onde conseguiu matrícula e financiamento de seu curso, tendo sido aprovada no ENEM".  

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Baixas na equipe de Guedes
Trump anuncia planos para lançar nova rede social
Manhã na Clube: entrevistas com Teresa Leitão (PT), Fernandes Arteiro e José Teles
CPI da Pandemia recomenda indiciamento de Bolsonaro
Grupo Diario de Pernambuco