Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Brasil

PROJEÇÃO

Quando vou ser vacinado? Site faz previsão aproximada; confira

Publicado em: 09/04/2021 11:31 | Atualizado em: 09/04/2021 16:32

 (Foto: Robin Van Lonkhuijsen/AFP)
Foto: Robin Van Lonkhuijsen/AFP
A vacinação no Brasil ainda está lenta e os recordes de mortes diárias devido a Covid-19 estão crescendo cada dia mais. Ontem, o país contabilizou 4.249 óbitos, somando 345.025 vidas perdidas desde o início da crise sanitária provocada pelo novo coronavírus. A preocupação está crescendo entre os brasileiros e pensando nisso, Renan Altendorf decidiu criar uma plataforma que possibilita uma previsão de quando cada um irá receber a vacina. 

No site Quando vou ser vacinado é preciso colocar apenas a idade e o estado em que reside para conseguir a previsão. O cálculo é feito pela média dos últimos sete dias de vacinação em cada estado, utilizando a projeção da população brasileira e o recorte dos estados por idade com dados disponibilizados pelo IBGE. Para os grupos prioritários, leva-se em consideração a estratégia de vacinação contra Influenza/H1N1 de 2020 disponibilizado pelo DataSUS.

A plataforma, atualizada diariamente, ainda apresenta algumas diferenças entre cada estado, mas, que segundo o criador, é devido a média de vacinação pelos estados e até mesmo pela forma de divulgação de cada um. Em entrevista ao Correio, Renan afirma ainda que os sete dias de média é uma referencia de tempo entre a entrega do governo federal, e o tempo que efetivamente a vacina chega nas cidades.

"Alguns estados fazem atualização em tempo real (Por exemplo SP), mas outros estados soltam lotes de dados a cada 2 (RJ), 3 (SC) e até 7 dias (Acre). Essa semana tivemos um salto bem grande na vacinação no RS por exemplo, então a previsão por lá esta muito boa, já no DF temos uma media de 2068 primeira doses por dia nos últimos 7 dias, é uma queda muito grande, e com isso a previsão futura se alonga", explicou.

O profissional da área de tecnologia explicou um pouco mais sobre como é feita a previsão: "Como temos feito o trabalho de coletar diariamente a vacinação nos estados, existem robôs que fazem uma parte da coleta, mas todos os dados também são validados um a um manualmente, antes de serem publicados. Com isso geramos uma grande quantidade de dados quase que em tempo real, dessa forma é possível diversos cálculos e previsões".
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
ONU pede  investigação independente sobre chacina no Rio
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 07/05
Teich vincula renúncia à pressão de Bolsonaro para usar cloroquina
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 06/05
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco