Família No interior de São Paulo, mãe realiza sonho do filho gay de ser pai

Por: Diario de Pernambuco

Publicado em: 05/09/2019 11:29 Atualizado em:

Arquivo Pessoal/Divulgação
Arquivo Pessoal/Divulgação
Em Serrana, interior de São Paulo, a mãe de um jovem gay realizou o sonho do seu filho de ser pai. Após três tentativas sem sucesso, a fecundação foi bem sucedida.

A professora Valdira das Neves, de 45 anos, entrou como “barriga solidária”, com espermatozóides do filho, o analista financeiro Marcelo das Neves Júnior, de 24 anos, e óvulos de uma doadora anônima, mais jovem.

Os gêmeos, Noah e Maria Flor, nasceram na terça-feira (3) no Hospital das Clínicas da USP em Ribeirão Preto/SP.

Maria Flor nasceu com 2,250 quilos e Noah, 2,190 quilos. O menino foi levado à Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Pediátrica.

Marcelo acompanhou todo o parto, que aconteceu antes do previsto. Segundo os médicos, a expectativa era de que os bebês nasceriam somente no mês de setembro.

A história
Três anos antes, Valdira chegou a procurar a clínica de fertilização, mas a idade e problemas na tireoide reduziram as chances de uma gestação.

Marcelo, então, encontrou uma oportunidade para viver o sonho de ser pai e sugeriu que a mãe fosse sua “barriga solidária”, com óvulos doados por uma mulher mais jovem.

Assim, as possibilidades de Valdira engravidar passariam de 3% para 50%.

Agora, a família comemora a chegada dos gêmeos.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.